Sem saber de armação da mãe, Inês diz que não acredita no amor

Publicado há um ano
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Shirley (Bárbara Reis) abandonou Afonso (Cássio Gabus Mendes), um homem que a amava para viver ao lado de João Aranha (Caco Ciocler), pai biológico de sua filha, e com quem já havia tido um caso no passado. Ao lado do ricaço, ela se tornou uma mulher elegante, porém infeliz, e mostrará essa faceta nos próximos capítulos de Éramos Seis.

Ela aparecerá discutindo com ele após ler uma carta enviada por Carlos (Danilo Mesquita) para Inês, porém, ela esconde a correspondência da garota contra a própria vontade, o que gera mais uma briga com o atual marido.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em conversa posterior, com Inês (Carol Macedo), ela explica que João é um homem muito ciumento, e este é o motivo de todas as suas brigas com ele. “Mas é o homem que você ama, não é? Loucamente. O amor da sua vida, que a sufoca, a impede de ser feliz”, diz Inês ironicamente.

“Eu sou feliz. Ele é o meu marido. Um dia quando você amar alguém…”, começa a mãe, ao ser bruscamente interrompida pela filha, que dispara: “Eu não vou amar ninguém. Não acredito no amor”.

Shirley fica chateada e tem culpa no
cartório, pois fez a jovem acreditar que nem Carlos, seu amor de infância, nem
Afonso, seu pai adotivo, se importavam com ela, tudo porque não enviou as
cartas que a menina mandou para ambos, durante dez anos. Qual será o desenrolar
dessa história?

A cena
está prevista para ir ao ar no capítulo 48, que será exibido na segunda-feira,
25 de novembro.

Mais Informações, curiosidades,
sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos da novela Éramos Seis

Confira o resumo
dos capítulos das outras novelas
 da TV Globo, SBT, Record TV e
Band.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais