Sem alarde, Rede Brasil é extinta e promete voltar com nova marca

Atual frequência será arrendada à Igreja Universal do Reino de Deus

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Rede Brasil de Televisão, como conhecemos hoje, será extinta. Toda sua estrutura será realocada em um outro canal e será rebatizada com outro nome, ainda em processo de definição. A atual frequência da RBTV, 10,1, foi arrendada pela Igreja Universal do Reino de Deus, que dominará toda a programação até o próximo final de semana, informa o jornalista Gabriel Perline, do site Notícias da TV.

Os detalhes foram definidos entre os diretores do canal durante uma longa reunião ocorrida na última quarta-feira (3). No entanto, a mesma publicação informa que nenhum funcionário será demitido, e tampouco dará fim a seus programas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A maior parte migrará para o canal 50.1, que pertence à TV Metropolitana, atualmente desativada e que também tem Tolentino como proprietário. O casting da RBTV conta com Luciano Faccioli, Hermano Henning, Nani Venâncio. E até Netinho de Paula tinha horário comprado na grade da emissora.

Está prevista para breve a ativação do novo sinal que transmitirá a programação da antiga RBTV, como filmes, séries e novelas. O Entretenimento virá após o alinhamento dessas produções com a nova marca.

Toda essa mudança trata-se de questões comerciais, uma vez que a pandemia que assola o Brasil afetou o caixa da emissora. A saída foi arrendar a grade à Universal. O mesmo já ocorre com a frequência 12,1, também de Tolentino, que está arrendada à Igreja Mundial do Poder de Deus, de Valdemiro Santiago.

A partir desses alugueis, o grupo pretende investir em um novo modelo de negócios, sem a necessidade de depender de investidores em ações de merchandising como conhecemos, com a venda de produtos suspeitos a fim de sustentar suas atrações. É aguardar!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio