Segundo Sol: Valentim confronta Karola sobre ela ter “limpado” sua conta bancária

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Segundo Sol, na Globo, Valentim (Danilo Mesquita) descobriu que Karola (Deborah Secco) retirou uma quantia milionária de sua conta bancária. Ele foi ao banco e estranhou ao ver várias transferências de sua conta para a de outra pessoa. Com isso, ele ficará muito desconfiado e vai procurá-la para conversar. Confira.

“Quem lhe disse isso?”, perguntará a vilã. “Você vai ter coragem de negar?”, indagará Valentim. “Meu filho, veja bem…”. “Eu vi, mãe! Eu fui no banco, eu falei com o gerente, eu vi o extrato da minha conta! Você desviou milhões e milhões pra essa conta só sua!”. “Eu transferia o que a gente não tava usando pra uma outra conta! Era uma poupança nossa!”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Edgar pede tempo para Cacau e ela dá um tapa na cara dele, em Segundo Sol, na Globo

“E que poupança boa, hein? Quinze milhões?! Eu nunca imaginei que os direitos autorais de meu pai rendessem tanto dinheiro!”. “É que tem também a publicidade, os direitos conexos, música em novela, em filme…”. “Por que você fez isso? Por que você desviou o dinheiro? Me diga!”.

Karola tenta mudar o tom da conversa

“Que tom é esse, Valentim? Não tô lhe entendendo! Por um acaso você tá me acusando de ter feito alguma coisa errada? Tá me acusando de ter lhe roubado, é isso?”. “Eu só quero que você me explique, se é que tem explicação!”. “Eu nunca pensei que ia ser tratada dessa maneira, estou sendo humilhada pelo meu próprio filho! Eu pus esse dinheiro nessa conta… pra proteger o maluco de seu pai, pra proteger você!”.

“Proteger? De quê?”. “De vocês mesmos, criatura! Beto agorinha mesmo deu um dinheirão pra pagar o resgate da filha da marisqueira… e toda hora quer devolver o dinheiro por culpa, doar pra instituições de caridade! Eu que tenho que ficar domando a fera! E você? Você deu outra fortuna na mão de Rosa! Essa fraqueza pra mulher vagabunda deve ser genética!”.

“Rosa tava precisando, minha mãe!”. “Ah, tava sim. E eu também! Todo mundo tá sempre precisando de dinheiro, meu filho. Ainda não se deu conta disso não? Você tem coração mole, meu filho! Você dá dinheiro pra qualquer um que tiver precisando! Entendeu agora? Se for por vocês dois, vocês vão dilapidar cada centavo desse patrimônio que eu juntei com muito custo! Juntei pensando no seu futuro, Valentim! No futuro dos seus filhos! Só nisso, eu nunca pensei em mim!”.

Valentim quer cuidar do próprio dinheiro

“O fato é que o dinheiro está nesse momento em seu nome e não no meu! Minha conta tá quase limpa e a sua tá bem gorda!”. “O que não quer dizer nada! Você é meu único herdeiro, Valentim! Um dinheiro estar no seu nome ou estar no meu nome, dá na mesma! É tudo seu! Se eu cair morta estatelada nessa sala agora, fica tudo pra você!”.

“Menos, mãe! E meu pai, por um acaso, sabe disso?”. “Eu lhe imploro, meu filho! Não conte nada! Beto é um desmiolado, vai botar tudo a perder! Ele odeia esse dinheiro porque vem do sucesso de Beto Falcão, que ele odeia! É uma loucura dele!”. “Independente dele ser maluco ou não, o dinheiro é dele também! Ele que fez as músicas!”.

“Meu filho, olha pra mim: eu não nadei tanto pra morrer na praia agora! Esse assunto é sério, nós tamo falando do futuro de uma família inteira! Tamo falando dos seus filhos, dos seus netos! Tamo falando de um fim de vida decente pros seus avós! Não seja irresponsável! Eu fiz tudo isso por você, meu filho! Você é a pessoa que eu mais gosto nessa vida, eu sou capaz de qualquer coisa pra lhe ver bem! Eu lhe amo mais que tudo nesse mundo!”.

“Eu também lhe amo, minha mãe. Mas agora eu sou maior de idade e deixe que eu decida a partir de agora o que fazer com o dinheiro que entra em minha conta, tamos entendidos?”, concluirá Valentim.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio