Segundo Sol: Severo diz a Zefa que não armou para Roberval

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Segundo Sol, na Globo, Zefa (Claudia Di Moura) ficou chocada ao ver Roberval (Fabrício Boliveira) ser preso. O milionário poderá ser acusado de tráfico internacional de diamantes. Tudo não passa de uma armação de Laureta (Adriana Esteves) e Severo (Odilon Wagner), que mentirá para a empregada. Confira.

“Mas o que é isso!?”, perguntará Edgar. “O que tá acontecendo?”, indagará Karen. “Estão se sentindo vingados? Eu fui traído, apunhalado pelas costas! Isso foi coisa do senhor, não é, doutor Severo? Foi o senhor que armou essa arapuca!”, responderá Roberval.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Laureta ameaça acusar Rosa de ter matado Galdino, em Segundo Sol, na Globo

“Não tenho nada a ver com isso, mas devo admitir que estou feliz, sim, a justiça está sendo feita!”, rebaterá Severo. “Só pode ter sido o senhor que plantou os diamantes, só o senhor sabia da existência daquele cofre escondido no armário, do segredo dele!”, pontuará o milionário.

Edgar se irrita com armação

“Não pode ser, não pode!”, reagirá Zefa. “Como assim? Que diamantes?”, perguntará Edgar. “Por que você tá sendo preso, Roberval?!”, questionará Karen. “Contrabando de pedras preciosas, minha senhora!”, responderá Viana, o delegado.

“Um dia da caça, outro do caçador, é isso, Severo? É uma revanche? E tem dedo de mais alguém aí, que teve acesso aos diamantes. Eu só não entendo como é que… Preferiu me ver preso que ficar com os diamantes, jura?”, ironizará o empresário.

“Se você não tem nada a ver com esse contrabando, vai conseguir provar, Roberval! E se eu puder lhe ajudar, conte comigo!”, falará Manuela. “Eu também quero lhe ajudar! Pode precisar de seu remédio de alergia, eu vou buscar!”, dirá Karen.

“Quer que eu avise seus advogados?”, perguntará Edgar. “Não quero e nem preciso de ajuda ou da compaixão de vocês”, rebaterá Roberval. “Baixe sua crista, menino, precisa sim! A família está do seu lado, querendo ajudar, e você vai aceitar!”, contrariará Zefa.

“Ajudar? Me incriminando?! Armando contra mim? De que família tá falando, dessa que me detesta?!”, insistirá Roberval. “Chega de papo, vamos embora”, falará o delegado.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio