Segundo Sol: Selma volta e pede para reatar com Maura

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Segundo Sol, na Globo, depois de terminar com Maura (Nanda Costa), Selma (Carol Fazu) voltará a Salvador com um único objetivo: lutar pelo amor da policial. Ela percebeu que ama demais a irmã de Rosa (Letícia Colin) e quer criar o filho que elas idealizaram juntas. A filha de Nice (Kelzy Ecard), no entanto, não vai se mostrar tão receptiva. Confira.

“Selma, que susto! Parece um fantasma, aqui dentro sentada nessa poltrona em silêncio!”, falará Maura. “Dona Nice passou aqui, abriu pra mim. Tava lhe esperando. Sua mãe me contou que seu pai tá numa clínica. Tá tudo bem?”, perguntará Selma. “Tá preocupada com ele agora? Cê nunca gostou dele…”, rebaterá a policial.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Valentim resgata Karola de bordel de Laureta, em Segundo Sol, na Globo

“Não gosto, mas ele é seu pai”. “Vai tudo ficar bem. Você… veio resolver algumas coisas em Salvador?”. “Voltei de vez pra Salvador pra resolver uma coisa. Uma coisa muito importante. Eu vim aqui pra resolver a nossa situação, eu vim aqui pra salvar o nosso amor, eu vim lutar por você, Maura!”.

Ainda neste capítulo de Segundo Sol

“Selma, as coisas não são tão simples assim!”. “São, sim! Eu tenho certeza do que eu sinto por você! Eu não consegui ficar longe de você. Eu tentei, mas não deu. Eu não dormia, não comia, não conseguia pensar em nada, fazer nada. Eu precisava vir lhe ver de novo”. “Pra quê? Pra vir me xingar de vagabunda mais uma vez? Pra brigar comigo, me deixar nervosa?”.

“Não, pelo contrário! Pra me desculpar, Maura! Me desculpa, por favor! Eu sei que eu agi mal, que eu fui exagerada, que eu fui egoísta, mas… eu tava com ódio, me senti posta fora. Mas depois que eu fui embora daqui, eu refleti pra caramba. Eu me dei por conta que nosso amor nunca que arrefeceu. Você se encantou pelo seu parceiro de trabalho, seu camarada, gente boa, que doou o sêmen pra realizar o nosso sonho, o pai biológico desse bebê! E eu me mostrei uma péssima parceira, egoísta, babaca. Eu me afastei de você por causa de ciúmes, mas essa criança que ta aí na sua barriga é nosso filho, é um projeto nosso, independentemente do fato de você continuar do meu lado ou não. E enquanto eu pirava, Ionan se mostrava o contrário, um parceiro presente, carinhoso”.

E mais!

“Pelo menos você reconhece, Selma”. “Eu te amo, Maura! Eu não sei viver sem você! Por favor, volta comigo! Cê quer que eu me ajoelhe?”. “Não faça isso…”. “Eu ajoelho, sem problema! Eu te amo e eu sei que você também me ama ainda! Você não tem nada a ver com homem, você gosta de mulher, você gosta de mim, Maura!”. “Eu tô muito confusa. Vai embora, Selma. Vai ser melhor assim”.

“Eu vou. Mas você saiba que eu vou continuar aqui do lado, na nossa casa, esperando você voltar. E você entenda uma coisa de uma vez por todas: eu te amo, eu quero ficar com você e eu quero esse filho! Esse bebê é nosso, só nosso! Ele é de nós duas e eu vou querer sim, assumir, criar e amar essa criança! Porque ele é meu filho também, por direito!”, concluirá Selma.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio