Segundo Sol: Remy encurrala Luzia e ela fica apavorada

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Segundo Sol, na Globo, Luzia (Giovanna Antonelli) não esperava que um problema tão grande fosse surgir: Remy (Vladimir Brichta). O irmão de Beto (Emílio Dantas) descobriu que ela se passa por Ariella e, agora, decidiu chantageá-la, indo até o local onde ela toca. Assustada, ela tentará negar, mas o mau-caráter vai conseguir intimidá-la. Confira.

“Como é que você entrou aqui?”, perguntará ao ver Remy em seu camarim. “E aí, Luzia, tudo bem com você? Lembra de mim?”, questionará. “Você deve tá me confundindo com outra pessoa, eu não lembro de você!”. “Claro que lembra! Oxe! Eu sou o cara que você conheceu no supermercado! Tô até agora esperando você me telefonar!”, insistirá.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Laureta decide matar personagem importante em Segundo Sol, na Globo

“Ah! Do mercado, acho que eu lembro! E por que você me chamou de… o que mesmo? Luzia?”, questionará. “Olhe, realmente, sua memória é péssima! Cê esqueceu que a gente já se conhecia bem antes do mercado?! Lembra? Mais de dezoito anos atrás! Você com cabelão de outra cor, lá no Boiporã!”.

Luzia não vê saída

Neste momento, Luzia ficará mais tensa, pensando em uma maneira de escapar. “No Boiporã?”, questionará a protagonista. “Sim! Sim! Eu sou irmão de Beto Falcão! Vai dizer que nunca ouviu falar também?”. “Quem na Bahia não conhece Beto Falcão, não é mesmo?”, responderá nervosa.

“O que quase ninguém na Bahia sabe e, a essas alturas você já deve saber, é que Miguel, seu namorado lá de Boiporã, sempre foi Beto Falcão!”, dirá Remy. Luzia, então, ficará séria, encarando Remy. “Quem cala consente! E se você já sabe dessa informação, então eu aposto que você tá tendo um caso com meu irmão de novo!”.

“Escute, eu não me chamo Luzia, nem conheço nenhum Miguel de Boiporã, muito menos Beto Falcão!”. “Você jura que você vai fazer esse jogo comigo? Bom, deixa eu fazer o seguinte então, deixa eu chamar a polícia aqui… Aliás, eu tenho um irmão policial, o Ionan! Cê já deve ter ouvido falar dele. Ionan tava justamente procurando por você, a assassina do Boiporã, a fugitiva da penitenciária!”.

Remy impede fuga

Luzia respirará fundo. “Tá voltando sua memória?”, perguntará. Luzia, então, tentará escapar, pela porta, mas Remy conseguirá impedir. “Luzia, Luzia… Eu tô aqui de boa, conversando! Por que a pressa de ir embora? Tanta coisa que eu tenho pra lhe falar! Você vai ser tão grata a mim depois de tudo! Esse é um momento histórico! A gente tinha que tá comemorando! Garanto que tem uma cervejinha naquela geladeirinha!”.

Ele irá até a geladeira. Verá a bolsa de Luzia e encontrará algo. “Ariella Ferreira Arnessysla, essa é muito boa! Coisa feia, Luzia! Comprando documento falso! Com isso aqui ó, eu posso lhe denunciar pra polícia! Mais um crime pra sua folha corrida! Cê tá fazendo uma bela carreira na bandidagem, viu?!”, ironizará.

“Eu não quero beber”, quando ele lhe oferecer uma cerveja. “Vai brindar comigo! Não faça a mal-educada! A nós! Por esse momento que eu sempre sonhei!”, insistirá Remy, enquanto Luzia permanecerá apavorada.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio