Segundo Sol: Manuela reencontra Narciso em grupo de Narcóticos Anônimos

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Segundo Sol, na Globo, Manuela (Luisa Arraes) terá uma surpresa nos próximos capítulos. Ela encontrará Narciso (Osmar Silveira) no Narcóticos Anônimos. A filha de Luzia (Giovanna Antonelli) irá até o local para se tratar da dependência química e acabará dando de cara com o ex-traficante, que agora é também viciado em drogas. Vale lembrar que os dois tiveram um lance amoroso no passado. Confira.

“Narciso! Que emoção te encontrar aqui! Eu tentei te achar de todas as maneiras, ficava tentando saber alguma notícia sua na noite, mas ninguém sabia de você… você desapareceu… fiquei super mal de saber que você passou por isso tudo…”, falará Manuela. “Eu vivi o que eu tinha que viver, Manu!”, dirá Narciso.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Valentim resgata Karola de bordel de Laureta, em Segundo Sol, na Globo

“Eu nunca podia imaginar que seu pai fosse chegar a esse ponto com você… Eu me sinto responsável por tudo que lhe aconteceu, me sinto culpada”, falará sobre o fato de seu pai Juarez (Tuca Andrada) ter expulsado ele de casa. “Você não tem culpa de nada. Algumas vezes fui até a porta de sua casa, ficava te vendo sair, mas não tinha coragem de te abordar… Eu não esqueci em nenhum momento de nós dois, eu continuo pensando em você…”, revelará.

Ainda neste capítulo de Segundo Sol

“Narciso, eu voltei com Acácio, ele me perdoou, a gente tá bem agora…”, avisará. “Que bom, Manu! Acácio é um cara maneiro, ele sempre gostou muito de você… Eu quero que você seja feliz!”. “E eu quero muito que você fique bem. Queria poder estar mais perto de você”. “Não sei se isso é uma boa ideia não. Eu não vou conseguir te ver só como amiga, Manu…”.

“Tenho uma coisa pra te falar, acho que você não deve saber… É sobre Rochelle. Ela teve uma doença, uma síndrome… Chama Guillain-Barré. É uma doença rara, que compromete os movimentos, causa paralisia”. “Que barra, Manu! A vida pega a gente de surpresa e bota a gente em cada situação…”.

“O que importa é que a gente tá dando a volta por cima, não é? Vai ficar tudo bem com a gente, Narciso! Essa sala aqui tem me ajudado muito”. “Você prefere que eu procure outra sala pra gente não ficar se esbarrando aqui?”. “Não, imagina… Vamos dar força um pro outro. Você tá caindo onde?”. “Tô na casa do Serginho, um companheiro aqui do grupo. Ele tá me dando uma força”. “Se precisar de alguma coisa, conte comigo, viu?”, concluirá Manuela, emocionada.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio