Segundo Sol: Manuela não aceita desculpas de Luzia, que fica arrasada

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Segundo Sol, na Globo, Luzia (Giovanna Antonelli) tentará conversar com Manuela (Luisa Arraes), que descobriu toda a verdade sobre Ariella. Mas a garota não estará muito preparada e vai rejeitar os argumentos de sua mãe. A protagonista, claro, ficará muito triste com a situação. Confira.

“Olha no meu olho, minha filha! Você sabe que eu te amo! Por que é que você acha que eu tô aqui? Que interesse eu posso ter em você ou no seu irmão?”, questionará Luzia. “Eu não sei que tipo de golpe você tá inventando agora!”. “Tudo que eu quis nesse tempo que a gente passou junta foi lhe ajudar! Te dei um emprego”. “Não por isso, eu peço demissão! Não quero nada que venha de você!”, rebaterá Luzia.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Valentim surta ao flagrar Rosa com Remy em barzinho, em Segundo Sol, na Globo

“Eu só quis que você ficasse bem, Manu! Sem se drogar, sem brigar com sua família adotiva!”. “Que raciocínio doido! Você era a causa de eu me drogar! Por sua causa que eu brigava tanto com a minha família!”. “A gente se deu tão bem esse tempo que passou junta! A gente se gosta, se entende! E isso você não pode negar!”.

“Que que você tá falando? Eu me dava bem, me entendia com Ariella, ela era minha amiga!”. “Mas eu sou Ariella! Sou eu, Manu! Tô aqui, sou eu, a mesma pessoa!”, rebaterá. “Eu não sei quem você é! Eu sei que você é uma mascarada, uma enganadora! Que mente o nome, que mente de onde veio, que mente tudo!”.

Manuela culpa Luzia

“Você disse tantas vezes que queria que Ariella fosse sua mãe!”. “Eu queria que qualquer uma fosse minha mãe! Qualquer uma! Porque qualquer uma teria sido melhor do que você foi! Eu e meu irmão separados por sua causa? Isso não lhe dói na consciência não?”. “Se você soubesse quanto eu briguei com sua tia por causa disso!”, pontuará Luzia.

“Eu fui levada pra uma casa onde não me queriam! De uma hora pra outra eu me vi sem nada, sem casa, sem irmão, sem ninguém!”. “Eu também! Eu também me vi sem nada! Na época você era criança, Manu! Não podia me entender! Mas agora você é uma mulher adulta, pode diferenciar o que é certo do que é errado! Pode pelo menos entender o que eu fiz!”.

Manuela faz suas perguntas

“Fale, então! Por que você fez tudo isso com a gente? Por que é que você acabou com a minha vida e com a vida de meu irmão?!”. “Manu, eu não tive culpa na morte de seu pai! Foi tudo armação de uma mulher que queria acabar comigo, por ciúme! Eu não sou uma assassina!”. “E por que fugiu da cadeia? Por que não cumpriu a pena que nem qualquer bandido condenado?”, questionará Manuela.

“Não tinha nada que eu pudesse fazer, eu ia ser morta naquela cadeia, fui jurada de morte! Eu tive que fugir!”. “E por que não me levou junto?”. “Quando eu fugi da prisão, fui até a sua casa, pergunte a Zefa! Lógico que eu queria fugir com você! Mas Cacau e Zefa me convenceram que eu não podia fazer isso! Que eu não podia passar a vida fugindo com uma criança!”. “Pra tudo você tem uma justificativa!”, admitirá.

Luzia tenta gerar empatia na filha

“Tente se colocar em meu lugar! Não teve um dia que eu não tenha me arrependido de ter largado vocês aqui! Manu, todos esses anos, lá na Islândia, eu só pensava em você, em seu irmão! Trabalhava dia e noite só pra mandar dinheiro pra Cacau, tudo que eu sempre quis era poder ficar pertinho de você, como eu tô agora!”.

“Pois pode esquecer, você nunca mais vai chegar perto de mim nem do meu irmão! Eu não vou deixar! Eu não quero mais saber de nada de você!”. “Você tá sendo muito dura comigo, eu sei que você vai pensar melhor!”. “Eu já pensei… Se manda daqui! Se manda ou eu te denuncio! Vai embora da Bahia e não volta nunca mais!”, dirá Manu.

“Pois pode me denunciar! Porque se eu não tiver você, se eu não tiver Ícaro, eu não tenho mais nada a perder!”. “Adeus, ‘Ariella’”. “Eu te amo, minha filha!”. “Não me chama de filha, que eu não lhe conheço, nem você me conhece!”, concluirá, deixando Luzia arrasada.

 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio