Segundo Sol: Laureta surpreende e explica razões para ter abandonado Karola

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Segundo Sol, na Globo, Karola (Deborah Secco) foi atrás de Laureta (Adriana Esteves) depois que soube que ela é sua mãe. A vilã deseja saber por que foi abandonada, depois prostituída pela cafetina. Laureta se explicará e se manterá firme, durante a conversa. E não falará em arrependimento. Confira.

“Por que você não me quis? Eu fui uma criança tão horrível assim ao ponto de você me abandonar??? Fala alguma coisa!!!”, pedirá Karola com um canivete no pescoço de Laureta. “Eu tive vergonha, eu era jovem demais, Severo era casado, eu achei que ia ser um vexame…”. “Teve vergonha de mim”. “Da situação, não de você… eu era inconsequente, não tinha escolhido ser mãe, aconteceu, eu fui praticamente estuprada por Severo, Karola!”, explicará Laureta.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Karola confronta Severo sobre ele ser seu pai, em Segundo Sol, na Globo

“Conta outra!”. “Severo queria que eu tirasse… mas não tive coragem, a saída foi te levar pro mesmo convento onde fui educada… eu passei pela mesma coisa que você, com aquelas mesmas freiras depois que meu pai foi preso pelos militares e minha mãe enlouqueceu…”.

Ainda nesta cena de Segundo Sol

Neste momento, Karola largará Laureta, que continuará explicando. “Fui acolhida pela irmã Felipa do mesmo jeito que você anos depois… aquele convento era tudo que eu conhecia de minha própria experiência… eu era uma menina, não podia ser mãe! Você reclama que teve que trabalhar desde cedo fazendo programa na minha casa? Eu repeti o que a vida fez comigo! Fui prostituída desde cedo, era essa a vida que eu conhecia, a vida que eu podia lhe dar!”.

“Como você pode ser tão monstruosa”. “Mas eu sempre estive ao seu lado, sempre!! Desde que lhe trouxe pra minha casa nunca deixei que lhe faltasse nada, tentei até lhe dar um pouco de cultura, apesar de sua mente sempre ter sido meio limitada. Lhe botei em curso de inglês, lhe dei tratamento médico, dentista, tudo!”.

“Você cuidava de todo seu gado assim, fez por mim como fez por todo mundo que lhe rendia seu ganha pão”. “Não seja injusta, Karola! Você sempre foi muito mais próxima de mim que qualquer outra garota, tinha minha atenção especial, eu lhe formei, isso você não pode negar”.

E mais!

“Não nego, é verdade, você fez de mim esse lixo que sou hoje, uma pessoa sem moral, sem valores, ou pior, com os seus valores!”. “Eu fiz de você uma vencedora, uma campeã! Te apresentei Beto Falcão, cuidei esses anos todos de você, de seus interesses… fui até capaz de comprar um bebê morto, de matar Januária, por sua causa! Eu te dei de presente o filho que a natureza não quis lhe dar….”.

“Porque era de seu interesse também. Além de tudo que você fez com minha vida, você fez de mim seu negócio mais lucrativo, sempre me chantageando pra arrancar mais um trocado de mim quando podia, sua vampira sanguessuga dos infernos!”. “O mundo seria muito mais bonito se você não existisse! E sou eu quem vai fazer justiça! Eu que vou acabar contigo, demônia!”, concluirá Karola.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio