Segundo Sol: Laureta assume ser responsável pela morte brutal de Remy

Publicado há 2 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de Segundo Sol, Luzia (Giovanna Antonelli) será dopada por Remy (Vladimir Brichta) e, quando acordar, encontrará o malvado assassinado ao seu lado, com o corpo todo ensanguentado e ferido.

Leia: Segundo Sol: Luzia vira aliada de Roberval para acabar com Laureta

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em conversa com Karola (Deborah Secco), Laureta (Adriana Esteves) assumirá que mandou matarem o pilantra com 14 facadas. “Um plano perfeito e cheio de detalhes como esse só poderia ter a minha assinatura!”, ironizará a cafetina.

Saiba mais: Segundo Sol: Agenor chama filho de Maura de aberração-bebê e usa Ivan de A Força do Querer como exemplo

A ex de Beto (Emílio Dantas) questionará se o malvado sofreu durante a morte. “Facada dói, né Karola!”, falará a loira. “Ai, que horror! Tanta facada… precisava mesmo dessa violência toda?!”, questionará a morena.

“E lá faz alguma diferença pra você? Tá morto, pronto, acabou-se o que era doce! Agora é tarde pra se arrepender, engole esse choro, anda! Foca no que ganhamos, nos livramos desse encosto que era Remy nas nossas vidas e ainda implicamos à cata-mariscos na morte do peste!”, apontará Laureta.

Segundo Sol: Laureta descobre que Roberval é traficante de diamantes

Nos próximos capítulos de Segundo Sol, Katiandrea (Camila Lucciola) será contratada por um funcionário de confiança de Roberval (Fabrício Boliveira) e verá a foto do milionário quando o celular do homem tocar.

A prostituta puxará assunto e descobrirá que o filho de Zefa (Claudia Di Moura) possui uma empresa de construção civil de fachada, já que na verdade realiza tráfico de diamantes. Ao voltar para o bordel, a quenga contará a novidade para Laureta (Adriana Esteves), que confrontará o inimigo.

“Você explora um bando de indigente lá pelas bandas da África, não é? Extrai as pedras e traz pra cá, tudo na cocó. Contrabando de diamantes”, apontará a cafetina.

“Você é mesmo abusada, quenga velha. Sabe por que é que você não tem prova nenhuma? Porque isso não é verdade. Vou te confessar: faço negócios com diamante, sim, mas nada ilegal”, dirá o irmão de Edgar (Caco Ciocler).

Diamantes da África? No mínimo, um negócio pra lá de polêmico…”, ironizará a megera. “Você não tem nada. Agora vai, volta lá pro teu pardieiro”, gritará o rico. A malvada ameaçará então revelar tudo para a imprensa e Roberval perguntará quanto ela quer para ficar calada.

“Meus negócios são dentro da lei, mas não gosto de me expor”, inventará Roberval, que aceitará pagar R$ 300 mil para a rival.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio