Segundo Sol: Ícaro dispensa Rosa e ela faz ameaça: “Você vai se arrepender”

Publicadohá pouco tempo Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Segundo Sol, na Globo, Ícaro (Chay Suede) e Rosa (Letícia Colin) vão transar depois que a jovem terminou o namoro com Valentim (Danilo Mesquita). Mas o filho de Luzia (Giovanna Antonelli) não consegue aceitar a mudança de caráter da ex-garota de programa. A moça virou uma chantagista e, por isso, é sócia de Laureta (Adriana Esteves), a cafetina. Rosa, então, verá o rapaz como “um chato” e ele a dispensará. Confira.

“Não sei do que você tá falando”, responderá Rosa, depois que Ícaro perguntar sobre o segredo que ela descobriu sobre Laureta. “Você disse que eu não sei mentir, você é pior… pelo menos pra mim, que lhe conheço”, rebaterá. “Não estrague esse momento, Ícaro… bora sair daqui, ir pra um hotel bem bacana, jantar, beber um champanhe, comemorar esse reencontro, eu quero bancar esse luxo, a gente merece!”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Roberval se recusa a acreditar que Edgar é filho de Zefa, em Segundo Sol, na Globo

“Pra você é tudo tão fácil, né Rosa?”. “Você que tá querendo fazer as coisas serem difíceis”. “ É que minha alma não tá à venda, como a sua. “Tá me julgando agora? Até pouco tempo atrás você se vendia, já esqueceu?”, jogará na cara dele. “Vender o corpo é uma coisa, a alma, o caráter, é outra. Eu olho pra você e não sei mais quem você é, como é que você virou isso”.

Rosa tenta se explicar

“Eu não virei nada, só agarrei as oportunidades que rolaram na minha vida. Passei por muita coisa pra entender que não dá pra deixar passar a chance de melhorar, de subir na vida, de viver em vez de sobreviver”. “A gente pensa muito diferente. Eu não dou essa importância que você dá ao dinheiro”. “Claro, você sempre teve dinheiro. Nunca lhe faltou nada em casa”.

“Lá vem você com essa história de que pobreza é justificativa pra tudo!”. “Chega! Não vamos mais discutir! Não vamos pensar, vamos só sentir… Quero você de novo, quero muito, sinto falta de você, do seu beijo, do seu cheiro…”. “Melhor você ir…”. “Tá me dispensando mesmo? Assim, desse jeito?”.

“Desse jeito mesmo. Melhor assim, Rosa. Assim a gente se machuca menos”, explicará.
“Você vai se arrepender de ter me tratado assim”, ameaçará ela, já se vestindo. “Pode ser que sim. Mas depois vai ser melhor. Volta lá pro Valentim Falcão. Ele tem dinheiro. Tudo certo com ele, Rosa! Não precisa botar ainda mais chifre na testa do pivetinho”.

Rosa perde a paciência

“Quer saber? Você virou um chato, Ícaro, parece um velho que vive dando lição de moral nos outros!”, rebaterá. “Certa tá você, a nova Lauretinha. Como é que a sua mestra fala: ‘seja livre’. ‘a gente não é gente comum, não precisa seguir as convenções’. Você caiu mesmo nesse papinho de vagabunda, de bandida. Quer saber? Ainda bem que eu me afastei de você, daquela casa. Eu encontrei uma vida de verdade, não aquela vida vazia e perdida que eu levava”.

“Você tá se dando de novo com a sua mãe, não é?”. “Quê que tem a minha mãe a ver com a história? Por que é que você tá levando essa lebre agora? Diga, foi Laureta que te mandou vir atrás de mim pra descobrir informações da minha mãe, não foi?”. “Que idéia é essa, Ícaro? A gente se encontrou por acaso numa boate, eu tava caindo de bêbada…”.

“Sei lá, não confio mais em você. Não sei o que pensar. Acho que sua chefa Laureta é capaz de tudo!”. “Uma pena que você ache isso de mim. Eu e você, a gente se ama. E você sabe que eu tô falando a verdade”. “Não tem mais ‘ gente’, Rosa, afirmará. “Você pode não acreditar, mas eu fico feliz que você e Luzia tejam se dando bem. Até um dia, quem sabe”, concluirá a ex-garota de programa.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio