Segundo Sol: Ícaro detona Laureta: “Cafetina velha, insegura e cruel”

Publicado há 3 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de Segundo Sol, Rosa (Letícia Colin) irá embora do bordel de Laureta (Adriana Esteves) após ser obrigada a atender vários homens por dia e Katiandrea (Camila Lucciola) ser espancada por um dos clientes e a cafetina a proibir de prestar queixa na polícia.

Veja: Segundo Sol: Rochelle revela para Karen que Edgar planeja fugir com Cacau

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ícaro (Chay Suede) ficará revoltado com as atitudes da malvada e ficará irritado quando a megera o presentear com um cordão de ouro. “Enche a boca pra dizer que é uma mulher incrível, que ajuda as pessoas, que adora ver os outros felizes… Tudo balela, você é uma ditadora, uma pessoa do mal, que escraviza os outros se fazendo de boazinha… Arrogante, prepotente…”, detonará o capoeirista.

“Quem anda lhe enchendo os ouvidos contra mim?”, perguntará a vilã. “Não precisa, eu não sou cego… Vejo como você trata essa galera que trabalha pra você, vi o que você fez com Katiandrea, achando muito normal ela tomar uma surra de cliente… E acabei de ver como tratou Rosa, obrigando ela a se matar de tanto trabalhar, humilhando ela”, destacará o filho de Luzia (Giovanna Antonelli).

Saiba mais: Segundo Sol: Agenor humilha Maura após delegado revelar segredo

“Então é isso! Rosa! Sempre Rosa! Ainda obcecado por essa quenguinha de quinta categoria. Sabe duma coisa? Você não passa mesmo dum moleque, Ícaro! Dum moleque ridículo”, reagirá a pilantra.

“E sabe o que eu vejo em você, Laureta? Uma mulher carente, patética. Uma coitada solitária, triste, mal amada… E apaixonada por mim”, avaliará o sobrinho de Cacau (Fabíula Nascimento).

“Não tenho medo de você”, dispara Ícaro para Laureta

“Deixa eu lhe contar uma coisa, moleque, você acha que não tá à venda, mas tá… Todo mundo tem um preço, e já lhe comprei muito, aliás por muito pouco, que você não vale muita coisa”, debochará a loira.

“Mais que você, com certeza. Não tenho medo de você, Laureta”, garantirá Ícaro. “Ingrato, abusado, imprestável”, ofenderá Laureta. “Melhor que ser uma cafetina velha, insegura e cruel”, concluíra Ícaro, indo embora.

 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio