Segundo Sol: Beto avalia impacto junto aos fãs depois de mentira revelada

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Segundo Sol, na Globo, Beto (Emílio Dantas) revelou a todos que está vivo e, portanto, não morreu em um acidente aéreo quase 20 anos atrás. Com isso, uma onda de revolta foi gerada, já que muita gente chorou a morte de seu ídolo. Além disso, a família Falcão fez muito dinheiro se aproveitando da consternação dos fãs. Mas nem tudo está perdido, porque muita gente também está apoiando o cantor. Eles entendem que ele é um homem corajoso e agiu com o coração ao se revelar para salvar a amada, Luzia (Giovanna Antonelli). Confira.

“Então, meu fã clube não me abandonou?”, questionará Beto, tentando entender a repercussão dos últimos acontecimentos. “Seu fã clube já era, tá é com muita raiva de você. Gorete se mandou, nem quer mais saber de Clóvis”, pontuará Ionan. “Ô, meu pai, Clóvinho deve tar sofrendo tanto, ele gosta muito daquela maluquinha… Mas se ela gosta mesmo dele, vai voltar!”, avaliará o cantor.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Laureta e Remy colocam Karola contra a parede, em Segundo Sol, na Globo

Na sequência, o policial explicará que nem todo mundo está contra o artista. “Tem gente achando que você foi herói, que salvou a mulher que ama, que se fosse mesmo um enganador ia viver na farsa o resto da vida, disseram que o que você fez é coisa rara, que você é… o contrário dos egoístas, como é que fala, mesmo? Altruísta! Né isso?”, falará.

Ionan diz que Beto foi corajoso

“Você que é o educado da família que devia saber! Eu só sei que o que fiz foi de coração. Talvez seja por isso que tem gente que me entende, que apóia o que eu fiz. Gente que fala a língua daqui e não daqui”, dirá Beto indicando o coração e a cabeça. “Você foi massa, mesmo, meu irmão, um baita dum corajoso com um coração do tamanho de um fenemê, tenho o maior orgulho de você, viu? É isso aí, mano! Eu vou trabalhar, mas qualquer coisa, me chame!”, concluirá Ionan.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio