Segundo Sol: Após briga com Manuela, Luzia é consolada por Valentim

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Segundo Sol, na Globo, Luzia (Giovanna Antonelli) não consegue se entender com Manuela (Luisa Arraes). As duas tiveram uma briga feia e Valentim (Danilo Mesquita), sem querer, ouviu tudo. A protagonista vai perceber a presença dele, depois que a filha for embora e, para sua surpresa, o filho de Beto (Emílio Dantas) vai consolá-la. Confira.

“Por que você diz que acredita em mim? Você mal me conhece…”, perguntará se referindo à versão de Luzia, sobre ter caído em uma armadilha no passado. “Você já sentiu confiança em alguém, assim de graça… só de olhar pra pessoa?”, questionará o rapaz. “Já sim… uma confiança cega… mas o amor prega essas peças na gente…”, responderá a mocinha.
“Eu chamo isso de instinto… Eu sinto isso com você, confiança cega, como você falou… como se a gente tivesse uma conexão quando se olha no olho… eu vejo que você é uma pessoa bacana”, explicará o rapaz. “Também sinto essa conexão contigo, essa energia. Quem sabe de outras vidas…”, sugerirá Luzia.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Valentim surta ao flagrar Rosa com Remy em barzinho, em Segundo Sol, na Globo

“Não fique assim! Você ainda vai conseguir juntar seus filhos. É só ter paciência…”. “Eu esperei tempo demais pra voltar, pra procurar por ela e por Ícaro… a culpa disso tudo é minha, eu que fiz tudo errado”. “Eu passei por um lance há pouco tempo que me deixou super mal, um lance de minha família… e teve que acontecer um monte de coisas pra eu entender que não era culpa de ninguém, que, às vezes, a vida leva as pessoas que nem um furacão…”.

Luzia não quer envolver Valentim

“Entendo sim. Foi meio isso que aconteceu comigo…”, dirá Luzia, sabendo de toda a história da falsa morte de Beto. “Pode me considerar seu amigo, Ariela… como é seu nome de verdade?”. “Desculpa, Valentim, eu não quero lhe envolver nessa história… na verdade a gente nem devia se aproximar tanto”. “Por que não?”, questionará ele. “Minha vida é complicada demais, isso tudo que você ouviu era um segredo que ninguém devia saber”.

“Sei como é, minha família também é cheia de segredos… Você pode confiar em mim, não precisa me explicar nada, nem me dizer seu nome de verdade… não interessa, eu gosto de você do mesmo jeito”. “Também gosto de você…”. “Manu e Ícaro ainda vão ver que mãe massa que você é, e se eu puder dar uma força, conte comigo, valeu?”, consolará o rapaz.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio