SBT vai reprisar Rebelde? Talvez nunca mais! Saiba por quê

Fracasso da novela em 2013 pode inviabilizar uma nova exibição

Publicado há 5 meses
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A notícia de que o SBT vai recorrer a uma terceira exibição da segunda versão de Chiquititas para substituir As Aventuras de Poliana foi bastante mal recebida ontem (quinta-feira, 4) pelos fãs da emissora.

Nas redes sociais, choveram protestos à volta precoce das aventuras de Mili (Giovanna Grígio) e companhia. Concomitante a estes, um clamor pela reprise de Rebelde, novela mexicana que foi um fenômeno de popularidade no canal de Silvio Santos 15 anos, foi crescendo nessas mesmas plataformas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em pouco mais de 24 horas, a coisa foi tomando tal proporção que mobilizações de fãs já vêm sendo articuladas na web, pregando o boicote a Chiquititas e insistindo pelo retorno da trama teen da Televisa.

Mas, afinal, existe mesmo a chance de a banda RBD e o dia a dia do colégio Elite Way voltarem à tela da Anhanguera? Se existe, ela é bem pequena. E isso tem uma explicação.

Protagonistas de Rebelde (Divulgação / Televisa)

Ruim de Ibope

Em setembro de 2013, provavelmente atendendo a clamores virtuais semelhantes aos que hoje se enunciam, Silvio Santos permitiu que Rebelde fosse reapresentada em seu horário nobre, na faixa hoje ocupada por Cúmplices de um Resgate.

A empolgação foi grande não só da parte dos fãs, mas da própria emissora, que chegou a preparar um programa especial, intitulado Fenômeno Rebelde e apresentado por Emílio Eric e Letícia Navas – à época, atores de Chiquititas (que ironia!) – como ‘esquenta’ para a volta da trama.

Mesmo com tanta expectativa, o fato é que esta segunda exibição de Rebelde decepcionou em toda sua extensão no ponto mais importante: a audiência. Apesar dos índices relativamente altos nas primeiras semanas, os números foram caindo aos poucos.

Mesmo assim, o SBT insistiu na trama e manteve sua exibição até o início de 2015, quando, com a audiência estagnada na casa dos 5 pontos, resolveu encurtar a terceira e última temporada da trama juvenil para substituí-la por outra reprise – a de Carrossel (2012).

Elenco de Carrossel (Divulgação / SBT)

Ressurgindo das cinzas

A estratégia surtiu efeito: em apenas uma semana, a professora Helena (Rosanne Mulholland) e seus alunos fizeram a sintonia da faixa mais que dobrar, saltando de 4,8 para 12,1 pontos – e elevando ainda mais esses números nos capítulos que se seguiram.

Rebelde terminou esta sua segunda exibição com a inglória média geral de 5,7 pontos no horário nobre do SBT – bem abaixo do que Carrossel (11,2) e a própria Chiquititas (10,1), também em reprise, conseguiram posteriormente no mesmo espaço da grade.

Por conta de fatores como esse, é bastante improvável que Silvio Santos se anime tão cedo – ou mesmo nunca mais – a trazer Mia Colucci (Anahí), Roberta (Dulce María) e cia. de volta à sua programação. Mas, como em se tratando do Homem do Baú, nada é impossível…

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais