SBT passa a vender acervo de imagens via NFT

Primeiro leilão está marcado para meados de setembro

Publicado em 30/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O SBT se tornou a primeira emissora de televisão a comercializar parte do seu acervo de imagens via NFT (“Token não-fungível”, em tradução livre), que segue a mesma lógica da Criptoarte. O canal lançou quatro imagens de Silvio Santos em atrações como Onde Tudo Começou (1981), De Casa Nova (1996), Topa Tudo por Dinheiro (1992) e Teleton (1998).

Qualquer pessoa pode adquirir uma obra digital exclusiva. Os lances são via MATIC – uma criptomoeda. O valor inicial de cada imagem, na conversão para reais, corresponde a R$ 40 e o incremento para cada lance a R$ 10. O leilão está marcado para o dia 30 de setembro, às 17h.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Cada imagem terá apenas um comprador, o que torna o produto exclusivo. O arrematante terá posse do NFT registrado na blockchain. Isso, no entanto, não lhe dá o direito de explorar o item comercialmente, podendo apenas revender o NFT no marketplace. 

“A oferta destes NFTs para os fãs do SBT e do Silvio Santos simboliza também um novo momento do SBT no processo de transformação digital da emissora”, avaliou Fernando Pensado, Head de Inovação do SBT.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio