SBT impede despedida de Rachel Sheherazade em telejornal após quase 10 anos na casa

A jornalista foi informada via e-mail que não precisava comparecer à emissora

Publicado há 24 dias
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A jornalista Rachel Sheherazade foi informada pelo SBT via e-mail de que não precisava comparecer à emissora na noite desta segunda (28) para apresentar o telejornal que ancorou durante os últimos quase 10 anos na casa. Por meio de um vídeo publicado em suas redes sociais no mesmo horário do SBT Brasil, a profissional explicou a situação ao público.

Em nome dos quase 10 anos que eu estive à frente do SBT Brasil, achei que seria de bom tom não sair à francesa. Em consideração a vocês, ao público, eu venho dizer adeus a vocês. Adeus não, até breve.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Eu sou muito grata porque nos últimos 10 anos, eu estive com vocês todas as noites, transmitindo as notícias do Brasil e do mundo. Foi um desafio de tirar um jornal que tinha uma audiência média de 3 pontos e deixá-lo com 6, 7 pontos”, disse Sheherazade, que teria seu vínculo com a emissora de Silvio Santos até 31 de outubro.

A última vez que Rachel Sheherazade apareceu na bancada do telejornal foi na quinta-feira, 24 de setembro. Desde então, Márcia Dantas ocupa o posto.

Assista ao comunicado de Rachel Sheherazade:

A saída de Rachel do SBT

Proibida de emitir opinião sobre os fatos noticiados no SBT BrasilRachel Sheherazade, cumpria aviso prévio na emissora, onde seu contrato venceria em outubro e não seria renovado.

No meio disso, no mês passado, Rachel voltou a furar a ordem e teceu comentários em algumas das edições do telejornal. Um desses comentários foi sobre os supostos crimes cometidos por Flávio Bolsonaro, investigado na operação Furna da Onça, causou desconforto na direção da emissora.. “Rachadinha não. Crime de peculato”, sintetizou a jornalista ao interromper o texto do telejornal.

Como é de conhecimento de todos, desde 2014 Sheherazade estava terminantemente proibida de emitir opinião no telejornal. Na época, a emissora divulgou uma nota informando que a partir de então, as opiniões em seus telejornais seriam feitas ‘unicamente pelo jornalismo da emissora’.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais