Saiba quanto tempo por dia o brasileiro passa assistindo à TV paga

Publicado há um ano
Por Redação
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os números de audiência do conjunto da TV por assinatura são animadores para o setor. Dados do Ibope apresentados pela CEO do Kantar Ibope Media, Melissa Vogel, durante o PayTV Forum 2019 referentes aos 15 maiores mercados do país, mostram que os canais de TV paga estão presentes em 40% dos lares. De acordo
com o levantamento, o assinante de payTV se mantém fiel à programação e aumenta o seu consumo.

A média de consumo diário nos domicílios com TV paga é de 3h24minutos – a título de comparação, em 2015 o volume era de 3h07minutos.
Ainda, com o crescimento do VOD (vídeo on demand, ou vídeo sob demanda, grátis como o YouTube ou pago como Netflix e Now), a programação ao vivo e inédita ganhou mais popularidade.
“O assinante é conectado, engajado e tem poder de engajamento”, diz Melissa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Quem assina TV paga é porque quer ter um conteúdo de qualidade; entre quem não assina, 48% têm como motivo o preço”, afirma a executiva. Ela aponta que, como o poder aquisitivo da população apontou retração nos últimos anos, vem sendo registrado também um declínio do volume
de dinheiro gasto por lar com entretenimento. Ainda segundo o levantamento do Kantar Ibope, o acesso à internet é atualmente o maior gasto das famílias em casa com entretenimento, representando 26% do
total.

No levantamento, dentre as pessoas que assistiram a algum tipo de VOD nos últimos 7 dias, 37,8% viram TV por assinatura. “Existem na população 15% pessoas que assistem tanto à paytv quanto ao VOD”, afirma Melissa Vogel. Ela apresentou que o consumo de horas por semana de VOD é bem menor que o de paytv, da ordem de 16h06 minutos em TV por assinatura para 3h14minutos em algum tipo de VOD.

Gêneros

Melissa Vogel, CEO da Kantar Ibope (Marcelo Kahn)

Sobre os gêneros mais vistos pela audiência na TV paga: 31% para filmes, 18% para séries, 14% de conteúdo infantil. Futebol também ocupa 7,2% do consumo.

A presença das novelas na TV por assinatura traz um dado curioso: apesar de o gênero representar apenas 0,6% da grade de programação entre todos os canais
da PayTV, ele ocupa 21% da audiência. O jornalismo também está presente em 3,3% da grade mas conta com 4% da audiência.

Melissa Vogel também mostrou que o assinante de TV é muito conectado à internet, com 93% deles acessando a internet e 76% fazendo uso das redes sociais. Só para ilustrar, no final da série Game of Thrones, exibida pelo canal HBO, foram registradas mais de 150 milhões de impressões no Twitter sobre a atração.

*Por Edianez Parente

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais