Saiba onde foram feitas as gravações dos primeiros capítulos de A Dona do Pedaço

Publicado há 2 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Elogiado nas redes sociais, o primeiro capítulo de A Dona do Pedaço chamou a atenção não só pela trilha sonora, repleta de grandes sucessos dos anos 1990, mas também pelas paisagens e bela fotografia. Se na história de Walcyr Carrasco, os Ramirez e os Matheus vivem no Espírito Santo, as gravações aconteceram bem longe do estado.

As gravações das cenas dos primeiros capítulos foram feitas nas cidades de Jaguarão, Nova Esperança do Sul, e São Gabriel, ambas no Rio de Grande do Sul. A equipe comandada pela diretora Amora Mautner passou aproximadamente 30 dias no local. O motivo das gravações acontecerem no Sul, é devido à região não apresentar relevo, além de ter um horizonte linear, algo primordial para contar a história das duas famílias, que vivem isoladas na cidade.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Igreja de A Dona do Pedaço (Reprodução)

A direção de arte da trama conta com Valdy Lopes, Alexandre Gomes, Anne Borgeouis, e Claudiney Barino. Um dos locais vistos no primeiro capítulo chama-se Ruínas da Enfermaria, em Jaguarão, local construído em 1880 no ponto mais elevado da cidade onde funcionava uma enfermaria militar, desativada na década de 70.

Feno

As cenas da igreja da trama foram gravadas em Nova Esperança do Sul, na Igreja São Caetano, construída há mais de cem anos. No distrito de Suspiro, em São Gabriel, foram gravadas as demais cenas das casas dos protagonistas. “Fiquei bem surpreso com essas cidades. Sou arquiteto e fiquei encantado. Essa amplitude da paisagem, com uma possibilidade infinita, céu baixo…E tem silêncio quando você se desloca de uma casa para outra, então a novela começa com um respiro. A fotografia está trabalhando esses enquadramentos”, explicou Valdy.  

A Dona do Pedaço (Reprodução)

Outro elemento presente nas imagens foi o feno. O
material foi utilizado para cobrir vários quilômetros quadrados do set de
gravações. “Recorremos aos fenos porque o verde para a gente não era o ideal. E
o cenário ganhou também uma enorme e frondosa árvore cenográfica, produzida
especialmente para novela, em frente à casa dos Ramirez. Essa árvore é um ícone
dentro da trama”, diz Valdy.   

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio