Saiba como seria a morte de Sabiá em A Força do Querer

Publicado há 3 anos
Por André Romano
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com o sucesso do personagem Sabiá (Jonathan Azevedo) em A Força do Querer, Gloria Perez decidiu mudar o destino do personagem, já que, na história real de Fabiana Escobar, a verdadeira Bibi Perigosa, o desfecho foi trágico. Para saciar a curiosidade dos amantes da trama das nove, o Observatório da Televisão conversou com Fabiana Escobar, que contou detalhes desse dia sangrento que, para ela, foi um divisor de águas.

“Eu não morri nesse dia por sorte. Eu ia falar com ele (Sabiá) todo dia. Eu nunca desviava o meu caminho. Eu não desviava mesmo! Primeiro que eu conhecia ninguém ali, mirava e ia nele. Mas, nesse dia, uma menina de lá me convidou para ir na casa dela. Eu estava bem perto de falar com ele, mas segui a minha intuição e aceitei o convite da menina. Foi o anjo da guarda, pois eu não desviava o caminho”, começou Fabiana.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

E continuou: “Eu não fui na direção dele, entrei na casa e subi em direção a uma laje. Depois de uns cinco minutos, deu uma explosão e apagou a luz no morro todo. Deram vários tiros e parou. Veio um menino correndo e falou que tinham matado ele. Eu entrei em desespero. Eu desci no escuro, iluminando com o celular, e fui para perto de onde estava o meu carro. Fui embora em estado de choque”.

Jonathan Azevedo celebra permanência de Sabiá em A Força do Querer após sucesso: “Ele morreria”

“Eu ia estar ao lado dele na hora dessa carnificina, já que mataram muitas pessoas nesse dia. Foi um cenário de guerra. Nesse dia, eu pensei na minha vida toda. Eu ia morrer naquele momento”, revelou a verdadeira Bibi Perigosa. Essa passagem está no livro que Fabiana escreveu e será relançado na Bienal do Rio de Janeiro.

Fabiana Escobar, a verdadeira Bibi Perigosa (Reprodução)
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais