Saiba como será o Mestre do Sabor, reality culinário da TV Globo

Publicado há um ano
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na próxima quinta-feira (10), os amantes da gastronomia – e os apaixonados por reality show – já têm um encontro marcado. Após A Dona do Pedaço, estreia o Mestre do Sabor, novo programa de gastronomia da Globo.

O programa marca, ainda, o encontro de cinco chefs renomados e que, rapidamente, se sentiram em casa em nova funções. No comando, o chef francês Claude Troisgros, que apresenta o programa ao lado de seu fiel escudeiro Batista. E completando o time, um trio de mestres formado por José Avillez, Kátia Barbosa e Leo Paixão.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A uma semana da estreia, Kátia comemora a popularização da gastronomia no Brasil. “O assunto caiu no gosto do brasileiro. Primeiro porque, além de curioso, o Brasil é um país imenso e muito jovem e a sua gastronomia é tão jovem quanto a percepção de sabores e aromas são novos também”, afirmou a cozinheira.

“Tínhamos uma relação com a comida absolutamente simples e a TV trouxe ao grande público a possibilidade de conhecer mais o nosso país, seus sabores, ingredientes e hábitos alimentares completamente diverso. Isso nos leva à compreensão de quem somos enquanto país”, reflete a chef carioca.

O português José Avillez concorda com a companheira de programa e ressalta a contribuição de Mestre do Sabor para a visibilidade da culinária brasileira. “O programa é o reconhecimento da importância da cozinha como cultura de um país. É a aposta na promoção das tradições brasileiras e na divulgação da melhor cozinha e cozinheiros que temos”, falou o famoso.

“Sendo da maior emissora do país e transmitindo para o mundo através da Globo Internacional, acredito que o reality será uma grande ferramenta de promoção do que o Brasil tem de melhor”, aposta o chef, lembrando que o programa também será transmitido em Portugal.

Leo Paixão destaca uma característica marcante desta competição que, em sua opinião, é o segredo para uma decisão justa. “Mestre do Sabor é um programa muito positivo, muito verdadeiro e muito honesto com o público. E muito justo com os cozinheiros pelo fato de ser feito como é, com avaliações sempre às cegas. Sem contar que é muito lindo, então acho que o negócio vai explodir mesmo”, se diverte o chef mineiro.

O apresentador Claude Troisgros e seu braço direito Batista estão ansiosos para mostrar ao público o melhor da gastronomia nacional. “Temos um chef português como mestre, o que representa a comida que nos traz a história do Brasil, mas focamos muito no produtor brasileiro, nos produtos brasileiros, no sabor brasileiro“, destacou.

“E passamos para os nossos chefs cozinheiros essa pegada do Brasil. Eu sou francês, mas durante 40 anos foi meu trabalho e minha filosofia valorizar o produto fresco do Brasil. E a pegada do programa é essa”, revela Claude.

Batista ainda dá um pequeno spoiler. “A cozinha tem quiabo, aipim, cará, que é um tipo de inhame, banana… Eu pensei que o programa e os candidatos fossem trabalhar com outros produtos e eles vieram com os produtos da minha terra. Fiquei muito feliz”, entrega o chef paraibano.

Confira, a seguir, as fases e o prêmio da competição:

Prato de entrada – Para garantir uma das 24 vagas doreality culinário, chefs profissionais de todo o Brasil preparam seu melhor prato na cozinha. Os três mestres – José Avillez, Kátia Barbosa e Leo Paixão – degustam os pratos sem saber quem os cozinhou. As avaliações são individuais. A cada uma, o trio decide se o candidato merece uma vaga no seu time para seguir na competição. Se mais de um mestre aprovar o candidato, ele é quem escolhe o time em que vai ingressar. Os três times seguem para a próxima fase com oito integrantes cada um.

Na pressão – A fase tem duas etapas. A primeira, no formato time contra time, é o “Menu Confiança”. Os três times cozinham um menu completo. Dessa vez, cada mestre orienta seus cozinheiros e quem avalia e elege o melhor menu é o apresentador Claude Troisgros. O time que levar o voto de Claude está imune da segunda prova. A segunda etapa é a “Batalha dos Cucas”. Nela, os chefs cozinham individualmente e voltam a ser avaliados pelos mestres José Avillez, Kátia Barbosa e Leo Paixão, que são responsáveis por definir os dois participantes que deixam a disputa.

Duelos – Esta etapa tem duelos em “mata-mata”. A cada episódio, duplas são formadas, independente dos times e por escolha dos próprios cozinheiros, para a realização da prova. Dessa vez, os chefs disputam a preferência dos mestres. O melhor cozinheiro de cada duelo segue na competição.

Na balança – A fase tem duas rodadas de provas individuais. Na primeira, os chefs cozinham um prato e José Avillez, Kátia Barbosa e Leo Paixão elegem, cada um, seu preferido. Os chefs responsáveis pelos pratos eleitos são classificados para a semifinal. Os chefs restantes cozinham individualmente em mais uma rodada da prova. Os mestres, novamente, elegem os melhores pratos e colocam mais três chefs na semifinal.

Semifinal – A semifinal também acontece em duas partes. Os seis chefs nesta etapa cozinham seu melhor prato. Desta vez, Claude volta ao papel de avaliador. Ele degusta todos os pratos e coloca dois participantes na final. Em uma segunda rodada individual, os mestres assumem o posto de avaliadores e elegem outros dois competidores para seguir adiante. A fase termina com quatro finalistas.

Final – A fase tem duas etapas e definirá, ao vivo, o grande campeão. O ‘Mestre do Sabor’ leva para casa um prêmio de R$ 250 mil.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio