Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Calado vence

Rodrigo usa termo racista para tirar dúvida sobre vocabulário no BBB 22

Brother repete algumas vezes uma palavra que pode enquadrá-lo em crime de injúria racial

Publicado em 20/01/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Medo do cancelamento ou, após 36 anos de vida, Rodrigo achou que seria uma boa ideia tirar dúvidas sobre questões raciais dentro do BBB 22? O brother, na noite de quinta-feira (20) invadiu uma conversa de Douglas Silva e outros brothers para perguntar se um termo utilizado na fala era racista.

O termo utilizado é ‘neg*’, que segundo ele é tão usado como ‘viad*’ em frases comuns e para se referir a qualquer pessoa. Porém, para tentar entender o peso da palavra, ele utilizou um termo racista da língua inglesa, a N-Word, que é ofensiva e utilizada por pessoas brancas para rebaixar negros.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O Hetero Top, como ele mesmo se define, perguntou se a N-word é um termo racista e equivalente a ‘neg*’ em português: “Nos Estados Unidos, n-word se um branco fala é agressivo”. e Douglas Silva responde pacientemente: “Não, não é n-word. Não tá traduzindo, não quero traduzir. Nego não é n-word. N-word tem outra representatividade lá, aqui é Brasil. Não compara”. Mas ele quer saber dos motivos para que o brother pergunte tal coisa: “Qual é a sua intenção?”.

Rodrigo esclarece: “É só uma fala normal” e o ator completa: “Então é só uma fala, então esquece os Estados Unidos”, mas avisa que se tem dúvidas, é melhor não falar nada para não causar desconforto. Apesar de ter repetido o termo várias vezes, sem censura, ele em conversa com Luciano continua sua jornada pela desconstrução: “Então é agressivo, eu não quero usar mais”.

O termo em questão é racista se utilizado por pessoas brancas se referindo a negros ou a erros cometidos por outras pessoas. De acordo com a Secretaria de Direitos Humanos do Estado do Espírito Santo, essa palavra tem o seguinte significado: “Era a designação do filho de escravizados, é um termo extremamente pejorativo e discriminador do indivíduo negro ou afrodescendente”.

https://twitter.com/i/status/1484320853500170240

Fique por dentro da cobertura completa do Big Brother Brasil 22  no Observatório da TV e em nosso canal no YouTube! 

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....