Roberto Cabrini entrevista Jojo Todynho no Conexão Repórter desta segunda

Publicado há 2 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Conexão Repórter desta segunda-feira,(20), conversa com uma estrela que foi de Bangu para o mundo. Roberto Cabrini tem acesso aos bastidores da vida de Jordana Gleise de Jesus Menezes. Consagrada como Jojo Todynho. Personalidade forte e desinibida, ela fala sempre o que pensa e tem orgulho de suas origens. E também de seu manequim plus size. Cabrini retrata sua ascensão meteórica e Jojo fala sobre a paixão pela música, que ela considera um dom.

O telespectador vai acompanhar como sua vida mudou nos últimos tempos. E ela, de um rosto anônimo, passou a ser fenômeno social e musical. Em uma entrevista franca, ao estilo Jojo de ser, ela fala sem inibição sobre cirurgia plástica, sua amizade com Anitta, e sobre seu lado romântico. Critica o que chama de “falácias da imprensa” e se permite desenterrar traumas da infância.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Luiza Brunet surge deslumbrante em vestido decotado

O jornalístico conhece a jovem por trás da famosa Jojo e visita a casa onde ela passou a infância, mostrando ainda personagens importantes de sua trajetória, como a avó, tios e o irmão. Ela apresenta fotos de seu acervo pessoal, que retratam uma menina expressiva e que aproveitou bem os conselhos do pai. Jojo comenta a morte dele, quando ela tinha apenas 10 anos, falando o quanto isso deixou marcas profundas em sua vida.

Cabrini mostra que foi ali, na periferia de suor e lágrimas, que uma personalidade se formou diante de adversidades. Jogo também recorda que já foi de tudo um pouco: faxineira, camelô, vendedora de sorvete, babá e cuidadora de idosos, contando que jamais se deixou diminuir pelo preconceito.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio