Roberto Cabrini entra na era dos drones no Conexão Repórter deste domingo (16)

Publicado há 4 anos
Por Philippe Azevedo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Eles veem tudo. Registram tudo. O Conexão Repórter deste domingo (16) entra na era dos drones. Roberto Cabrini sai às ruas da metrópole para mostrar a revolução desta tecnologia que se renova todos os dias. O telespectador vai acompanhar como a ficção científica se torna realidade, e uma transformação ocorre em nossos céus, onde aviões tripulados cedem espaço a aeronaves de controle remoto. Na guerra moderna, promovem ataques a milhares de quilômetros de distância – do outro lado do mundo.

Cabrini revela que, no Departamento de Defesa dos Estados Unidos, mais de dez mil drones são usados para espionagem, e também para matar. Armas silenciosas, sorrateiras, atacam alvos humanos no combate ao terrorismo. Como um simples apertar de botão, numa sala distante, pode causar grande destruição? Em meio a tudo isso, os civis inocentes e o risco de serem atacados.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O programa mostra como os drones são capazes de observar o presente, armazenar imagens e transmitir o passado como se fosse ao vivo. Nos laboratórios, máquinas são desenvolvidas para voarem sozinhas.

Enxergam o ambiente em que estão e podem desviar de obstáculos por si mesmas. Ciência a serviço do homem? Ou uma ameaça? Já existem planos para drones formarem estações de observação no céu. Para muitos, o futuro é uma sociedade eletrônica onde nossos movimentos serão rastreados. Chegará o momento em que seremos vigiados vinte e quatro
horas por dia?

As respostas no Conexão Repórter, neste domingo, logo após o Programa Silvio Santos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio