Roberto Cabrini elogia Mandetta e critica Bolsonaro no The Noite

Apresentador do Conexão Repórter abriu edições inéditas do talk show

Publicado há 6 meses
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O jornalista Roberto Cabrini concedeu uma longa e rica entrevista ao apresentador Danilo Gentili na edição de hoje (segunda-feira, 25) do programa The Noite. Tratou-se da primeira edição inédita do talk show após uma extensa pausa em virtude da pandemia de coronavírus.

O covid-19, aliás, foi um dos principais temas abordados durante o bate-papo. Questionado por Gentili a respeito do que mais o chocou em meio à preparação da série de reportagens O Inimigo Invisível, para o seu Conexão Repórter, Cabrini não pestanejou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nas favelas, impressionou mais como a transmissão comunitária acontece sem que as pessoas sejam realmente assistidas. Nenhuma imagem choca mais do que a morte dessas pessoas, que são colocadas em sacos plásticos, jogadas em lugares onde se punha os lixos”, detalhou. “O vírus foi ideologizado, ele foi politizado e isso representou perda de vidas. Essa que é a grande verdade.

Maus exemplos

Roberto também analisou, sem papas na língua, a postura do ex-ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta, e do presidente Jair Bolsonaro em relação à pandemia.

O Mandetta acertadamente defendia o distanciamento social, enquanto o presidente dava maus exemplos, descrevia o coronavírus como ‘gripezinha’. Claro que ele [Bolsonaro] tem razões pra se preocupar com a economia, mas não poderia boicotar discurso acertado de um ministro bem escolhido“, cravou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio