Reynaldo Gianecchini relembra começo em Laços de Família: “Achavam que eu era o contrarregra”

Ator conta que não acreditou muito que passaria no teste

Publicado há um mês
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator Reynaldo Gianecchini volta a aparecer na tela Globo, a partir desta segunda-feira (7), com a estreia de uma nova reprise da novela Laços de Família, um clássico escrito por Manoel Carlos, em 2000. A produção foi a primeira de Gianecchini na televisão.

Fazer de primeira um protagonista teve um peso imensurável para o ator. Ele chegou a ter seu desempenho artístico criticado. Gianecchini não tinha experiência como ator nem no teatro, onde havia feito uma peça e foi convidado a fazer um teste para ser o Edu.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Não me deixou interessado o convite. Mas ele falou: ‘É para fazer o protagonista, par com a Vera Fischer’. (…) Aí acabou que ele arrumou um teste no dia 24 de dezembro. Fui para o Rio, fiz um teste bem mais ou menos e pensei: ‘Não deu certo isso, não’. Depois fui para a Austrália com a Marília”, revelou em entrevista ao jornal O Globo.

Edu e Helena, de Laços de Família (Divulgação/Globo)

Em outro momento da conversa, o ator explicou que acreditou que o papel ficaria com Rodrigo Faro ou com Fábio Assunção, como era especulado na época.

“Até que o Ricardo Waddington me liga e diz: ‘O papel é seu’. Eu respondi: ‘Tem certeza? Não tenho experiência como ator nem com TV’. E ele: ‘Eu não tenho certeza de nada, mas o Manoel Carlos falou que quer você de qualquer jeito. Então, a gente vai ter que fazer isso funcionar’”, contou

Por fim, ele explicou que os fãs não prestavam atenção nele antes da estreia da novela. “Eu fiquei três meses gravando antes de a novela estrear. Quando estava passando nas ruas do Leblon com a Vera, todo mundo ia em cima dela e passava quase por cima de mim. As pessoas achavam que eu era contrarregra. Ninguém olhava para mim”.

Mas, com o sucesso no ar, as coisas mudaram completamente. “Depois da estreia, foi muito louco sair na rua. As pessoas vinham em cima. É bem estranho para quem tem uma natureza reservada. Tive que ir aprendendo a lidar”, concluiu Gianecchini.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais