Revelações Brasil consagra cantora carioca Teka Balluthy

Grande final do talent show da TV Aparecida foi ao ar na última quarta

Publicado em 24/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta quarta-feira (23), a TV Aparecida exibiu a grande final de Revelações Brasil. A disputa musical comandada por Amanda Françozo consagrou a cantora carioca Teka Balluthy. A artista, que competiu com mais três finalistas, foi eleita pelo júri do programa formado pelo maestro Rodrigo Costa e as cantoras Adryana Ribeiro, Thaeme e Gilmelândia.

Teka Balluthy, que foi backing vocal da cantora Anitta, fez duas apresentações na noite. Ela interpretou as músicas “Dona de Mim”, de Arthur Marques e gravada pela cantora Iza, e também “No More Drama”, de Barry De Vorzon, James Harris, Perry Botkin, Jr. e Terry Lewis.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A jovem, que é do bairro de Vargem Grande, Zona Oeste do Rio de Janeiro, já faz planos para o horizonte que se abriu para ela. “Acho que os próximos passos são acreditar, acreditar e continuar investindo em mim como pessoa e como artista. Eu quero poder fazer alguma coisa pelas pessoas e acho que a música é o caminho. Eu me questiono muito sobre o que faço no mundo, e acho que é isso”, revela Teka.

“Eu luto contra a depressão, então, pra mim é uma questão de vida. Às vezes, tenho dificuldade de entender o que eu estou fazendo aqui, sabe? E a música me dá sentido pra viver. Às vezes, estou muito mal, e a primeira coisa que faço é cantar uma música. Quando eu canto, entendo meu sentido (…) porque a música me faz bem… Por isso, vencer o Revelações me faz perceber que posso fazer isso por outras pessoas”, conta.

Além do título e do troféu de “Melhor Voz”, a artista vai receber da produção os seguintes prêmios: 1 Moto 0KM Yamaha – Modelo FZ 25, 1 Bateria D One Street, 1 Violão Elétrico Takamine G Séries,1 EP com 4 faixas produzido pelo maestro Rodrigo Costa e 1 videoclipe com produção da TV Aparecida.

Grande final

Na última noite dessa temporada do Revelações Brasil, Teka e os outros três finalistas — Viviane Leitão, de Campinas (SP), Lukas Hipólito, de Paranaíba (MS) e Lucca Rodrigues, de Sericita (MG) — cantaram juntos “Isto Aqui o que É”, clássico de Ary Barroso.

E depois cada um fez as suas apresentações individuais, acompanhado por backing vocals e pela banda da TV Aparecida. Nos bastidores, a repórter Juliana Luz entrevistou os familiares dos candidatos.

Amanda Françozo

Nessa trajetória de quase três meses no ar, o Revelações Brasil recebeu no palco da TV Aparecida, candidatos de várias cidades brasileiras, que cantaram diversos estilos musicais. Com a sensação de dever cumprido, a apresentadora Amanda Françozo fala do encerramento de sua terceira participação no projeto.

“O Revelações evoluiu muito em tudo: cenário, iluminação, a gente abrir para outros estilos musicais trouxe muita vida ao programa. Eu sou suspeita, eu amo o segmento sertanejo, mas também teve sertanejo, então, a gente não abandonou um segmento que já é muito particular aqui na casa. A gente abraçou o sertanejo, mas também abraçou tudo, o rock, o pop, o samba, internacional, cada um cantou o que quis aqui, mostrou a sua verdade, a gente teve muitos, muitos talentos vindos de todos os cantos do Brasil, então, eu acho que essa terceira temporada foi histórica para a gente e para a TV Aparecida”, conta.

Sobre a campeã, Amanda Françozo conta que já previa que ela iria longe na disputa. “O primeiro dia que a Teka entrou aqui eu não sabia se ela ganharia, mas eu tinha certeza que ela iria para a final. Ela é muito descolada, ela é uma artista pronta, se posiciona no Instagram, tem Tik Tok, ela é sucesso nas coisas que faz, tem uma presença de palco surreal… ela arrepia quando está cantando, é impecável na afinação e é compositora, então, ela engloba tudo. Ela não erra. (…)”, elogia.

O júri fala

A busca por um novo talento pela TV Aparecida começou no mês de abril com 45 candidatos, selecionados pela produção. A cada fase, o número de candidatos afunilava com a avaliação dos jurados fixos Rodrigo Costa e Adryana Ribeiro, bem como os que revezaram na cadeira rotativa: Thaeme, Gilmelândia, Frank Aguiar e a dupla Rick e Renner.

Na avaliação técnica sobre a vencedora do Revelações, o maestro e produtor Rodrigo Costa é muito otimista. “A Teka é uma cantora pop, um soul pop meio Tim Maia, meio Sandra de Sá. Eu acho que a gente vai conseguir explorar tanta coisa bonita… Eu acho que vai ser bem legal, estou bem ansioso, a cabeça já começa a funcionar aqui; eu acho que vocês vão ter uma grande surpresa”, diz ele.

Thaeme, que está grávida de sua segunda filha, dá a sua impressão pessoal sobre o programa. “Estou muito orgulhosa de estar aqui e fiquei muito feliz de ter assistido a esse espetáculo maravilhoso que a TV Aparecida proporcionou. Eu nunca tinha visto nada igual pessoalmente assim, e olha que eu já assisti a muitos shows”.

A também jurada Adryana Ribeiro lamenta que nem todos os candidatos puderam chegar à Final. “A gente viu tantos talentos e eu queria que todos eles estivessem aqui com a gente [na Final]. Então, foi um grande privilégio poder estar nesse programa e assisti-los”.

E Gilmelândia enaltece o talento de todos os participantes. “Meu Deus, que programa de primeiro mundo, que coisa linda… e quando eu vi esses artistas, para mim não são calouros, são artistas completos, eu disse ‘Meu Deus!’ Eu aprendi com cada um deles”.

Perfil da campeã

Teka Balluthy é do bairro de Vargem Grande, no Rio de Janeiro (RJ). Adotada por uma família ainda recém-nascida, seus pais de coração faziam parte da pastoral do batismo e desde cedo lhe ensinaram a fé. Mas foi a música que a aproximou ainda mais de Deus.

Logo que Teka entrou, pela primeira vez, na paróquia Nossa Senhora da Guia, próxima de sua casa, no Rio de Janeiro, ela notou o som de uma música e uma paz que só encontrava lá. É formada em artes cênicas, estudou cinema, cantou em bares, foi backing vocal da cantora Anitta, e garçonete/cantora em restaurante, participou de uma peça que rodou o País, chamada “Rio mais Brasil”, e virou compositora.

Mas aos 24 anos uma depressão a afetou e foi no Santuário de Aparecida que a artista procurou ajuda. E após muitos tratamentos, orações e o apoio da família, a música lhe tirou do quadro depressivo. Desde então, ela usa a arte e a música como instrumentos para motivar as pessoas e mostrar que existe uma saída.

Teka, cujo sonho é transformar a vida das pessoas através da música e poder viver dela, interpretou as seguintes músicas no Revelações Brasil: “Tente outra vez”, “Girassol” e “Olhos Coloridos”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio