Revelação de Judith como assassina de O Sétimo Guardião é criticada na internet

Publicado há 2 anos
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Geralmente relegada a segundo plano nas redes sociais – como também nos números de audiência -, a novela O Sétimo Guardião viu sua repercussão crescer subitamente no Twitter, com a revelação, no capítulo desta quinta (16), de que era Judith a assassina em série que vinha exterminando os membros da irmandade de Serro Azul.

Judith confessou os crimes após uma tentativa frustrada de envenenar mais um guardião, o padre Ramiro (Aílton Graça), e admitiu ter cometido os assassinatos seguindo ordens de Egídio (Antonio Calloni). Em seguida, ela puniu a si mesma por ter falhado na missão que seu mentor lhe confiou, suicidando-se.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A brilhante atuação de Isabela Garcia nesta sequência crucial da história não passou batida aos olhos dos twitteiros, que se desfizeram em elogios à intérprete. “Isabela Garcia merece todos os aplausos. Atriz sensacional”, ovacionou um usuário do microblog. “Uma das melhores atrizes da TV brasileira”, definiu outro.

Alguns, por outro lado, mostraram-se decepcionados com a forma como Aguinaldo Silva concluiu esse plot do folhetim. “Quem não sabia que era a Judith?? Era mais que óbvio que ela era o assassino, mas a justificativa que a deu foi péssima!!!!”, reclamou certo telespectador. “Judith se mata após confessar ser assassina dos guardiães, que não retornarão. Parabéns Aguinaldo Silva, nota zero…”, ‘felicitou’ um segundo.

https://twitter.com/HttMarc/status/1129201531629252608
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio