Repórter do Grupo Globo questiona CNN Brasil nas redes sociais

Canal de notícias se corrige após descobrir que sua informação não é exclusiva

Publicado há 9 meses
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A CNN Brasil cometeu uma falha na noite desta quarta-feira ao publicar uma reportagem em seu site com o aviso de exclusivo. O canal da Avenida Paulista foi chamado a atenção pela repórter Bárbara Vieira, do G1, que informou que a informação já havia sido dada pelo site dias antes.

“Exclusivo? O G1 mostrou e-mail com essa orientação na 6a passada. Seu conteúdo foi confirmado pela Secretaria, q admitiu a mudança na metodologia. O Ministério Público de São Paulo já até pediu que o governador volte a notificar como era antes, com base na matéria do G1, feita pela Pati Figueiredo”, escreveu Bárbara no Twitter, retuitando a postagem da CNN, com os dizeres exclusivos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

E ela insistiu: “RT dos brothers no tweet acima porque a @CNNBrasil precisa rever o que chama de exclusivo”.

Post da repórter Bárbara Vieira (Reprodução)

Na sequência, a CNN Brasil percebeu o equívoco e apagou o tuíte. “A CNN Brasil apagou o tweet dizendo que a matéria deles era exclusiva.  Segue aqui a nossa do G1 assinada por minha colega Pati Figueiredo, de 5 dias atrás”, escreveu Bárbara.

Post da repórter Bárbara Vieira (Reprodução)
Post da repórter Bárbara Vieira (Reprodução)

A CNN Brasil, que havia avisado seus telespectadores, sobre a reportagem exclusiva ao vivo, no Expresso CNN, jornal de Monalisa Perrone e Carol Nogueira, acrescentou uma errata no rodapé da notícia “E-mails mostram ordem para subnotificar COVID-19 em 37 postos de saúde de SP”.

Errata: Ao contrário do que foi veiculado em postagens dessa reportagem em redes sociais, o mesmo assunto já havia sido tratado por outro veículo de comunicação. As postagens foram corrigidas”, avisou o canal da Avenida Paulista.

Errata da CNN Brasil (Reprodução)
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio