Repórter Daniel Toco estreia no Domingo Espetacular para contar histórias inspiradoras

O jornalista nasceu sem um braço

Publicado há 2 meses
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Domingo Espetacular desta semana, dia 26/07, apresenta uma reportagem inédita sobre um surfista brasileiro que não se deixou abater por uma deficiência física.

A matéria marca a estreia na atração do repórter Daniel Rosinha, que se apresenta como Daniel Toco, apelido que ele incorporou ao próprio nome de forma a ressignificar de forma positiva, o apelido que ganhou na infância e que faz referência a ao fato de que nasceu sem um braço.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O jornalista, que comanda o quadro Cidade Alegre no Balanço Geral RJ, ficou conhecido no Rio de Janeiro por mostrar, na atração, histórias de superação. Agora, além deste quadro, ele irá apresentar reportagens exclusivas no Domingo Espetacular, retratando personagens inspiradores que superaram os mais diversos limites, físicos sociais econômicos.

Superação

E além disso, mudaram a sua própria história, a de outras pessoas, ou de uma comunidade inteira. Pessoas como o próprio Daniel, que nasceu com deficiência congênita no braço direito e nunca aceitou isso como uma limitação.

“Meu objetivo é transformar dores em motivação, fazer com que as pessoas olhem a vida por um ângulo positivo”,  diz o repórter. Ele também fala como deseja que seu trabalho possa quebrar paradigmas.

“Minha expectativa é que eu ajude a normalizar a visão sobre pessoas com algum tipo deficiência. Que se torne comum na televisão pessoas como eu, que a alegria que eu carrego e que vou mostrar através dos personagens das matérias seja mais exaltados que minha forma física”.

Estreia

Em sua reportagem de estreia, ele conta a história de Jonas Leiteri, que perdeu ambos os braços após receber uma carga elétrica enquanto tentava pendurar uma placa. Depois do acidente, o rapaz se apaixonou por esportes e hoje é campeão de stand paddle, modalidade que compete com remo adaptado. 

Além disso, Jonas pratica outras modalidades como skate, surf, jiu-jitsu e dá palestras motivacionais para quem sofreu acidentes e precisa adaptar às sequelas que ficaram.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais