Repórter da Globo revela que colocou filhos na parede para ensinar como reagir numa abordagem policial: “É horrível”

O jornalista contou também que recentemente foi abordado pela polícia

Publicado há 5 meses
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na edição desta quinta-feira (4) do Encontro com Fátima Bernardes, o racismo foi abordado no matinal e Manoel Soares, repórter da TV Globo, revelou que teve que ensinar aos filhos sobre como reagir numa possível abordagem policial.

“É horrível fazer isso. Você tem um filho lindo, não sei se em algum momento da sua vida, Fátima, você teve que chegar para o seu filho quando ele tinha nove anos de idade, encostá-lo na parede como se você fosse um policial e simular uma abordagem”, afirmou o jornalista

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O jornalista declarou que também faz o mesmo com os sobrinhos. “Quanto mais escura a pele, mais você precisa ensinar o seu filho para que na hora que estiver recebendo a abordagem policial, colocar as mãos em local visível, falar sempre ‘sim, senhor’, evitar coisas que transmitam arrogância”, detalhou o profissional.

Manoel contou também que esta semana foi parado pela polícia. “Eu fiquei com muito medo. Quando eu saí do carro e o policial viu que eu era grande, ele teve uma postura um pouco mais agressiva e foi incentivado pelo seu colega de trabalho a me algemar porque eu era muito grande”, detalhou o famoso.

“Criar um filho com confiança, que ele vai viver e tem acesso à direitos, para quem é negro no Brasil, passa por uma outra esfera que é você ter que ensinar que ele precisa ter cuidado, pois mesmo não tendo nada de errado, estando certo, você pode morrer”, concluiu Soares.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais