Repórter da Globo é assaltada durante Réveillon do Rio e desabafa: “Paz e respeito para todos nós”

Publicado há 10 meses
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Conhecida do grande público por fazer reportagens bem humoradas no Rio de Janeiro, a repórter da Globo Susana Naspolini foi assaltada enquanto trabalhava na cobertura do tradicional Réveillon de Copacabana, na zona sul da capital fluminense, na noite desta segunda-feira (31).

Segundo a própria Susana relatou, ela estava na frente do hotel Copacabana Palace, onde entrevistava três pessoas. De repente, um homem passou correndo e levou uma correntinha de ouro com medalhas. Susana e sua equipe não tiveram tempo de reagir, e o homem fugiu com o objeto de valor.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Copacabana, pela própria Susana. A jornalista desabafou no Instagram sobre o ocorrido e pediu mais paz e respeito para o Rio de Janeiro, que anda bastante violento nos últimos tempos por conta do caos social e moral que vive.

“MUITO CUIDADO QUEM FOR A COPA HOJE À NOITE!!!! Eu e meu colega Luiz Junior acabamos nosso plantão na delegacia!!! Fui roubada, na areia, trabalhando!!!!!!! Levaram um colar com medalhinhas que não tem dinheiro que pague! Só levem o necessário mesmo pra praia!!! Só o necessário!!! Um beijo enorme meus amigos e um 2020 de muita PAZ E RESPEITO PRA TODOS NÓS!!!!!”, escreveu a jornalista.

Mesmo com o susto, Susana Naspolini trabalhou normalmente nesta terça-feira (1). A jornalista fez um link no Piscinão de Ramos, tradicional recanto popular do Rio de Janeiro, onde acompanhou o feriado da população do Rio de Janeiro.

Veja o desabafo de Naspolini:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais