Repórter da Band se revolta e acusa a TV Globo de usar o seu trabalho como se fosse exclusivo

Publicado há um ano
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta terça-feira (18), Maicon Mendes, repórter da TV Band, usou o Twitter para fazer acusações contra a TV Globo. Segundo o profissional, a platinada usou o seu trabalho como se fosse material exclusivo do veículo de comunicação.

O registro que virou
alvo de reclamação foi um vídeo de Paulo Cupertino, suspeito de matar o ator Rafael
Miguel e os pais do artista, fugindo de onde aconteceu o crime, no último dia
9.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Estou trabalhando no
Caso do ator Rafael Miguel desde o início. Mais de 10 horas por dia. Com
reportagens exclusivas. Eu e minha equipe. Com humildade, ética e dinamismo.
Tudo conquistado com muito suor. Pra ver a Globo copiar o meu trabalho e
colocar como Exclusivo deles?”, indagou o jornalista.

“Eu sempre defendi um
jornalismo sério, ético, com credibilidade. Globo, isso que vocês fizeram com o
meu trabalho está certo? Exclusivo? Vocês conseguiram esse material como
exclusivo? Triste, lamentável…”, seguiu Mendes, que ainda teve o apoio de
Fabio Pannunzio.

“Mais uma vez a Globo
usa imagens obtidas e exibidas 24 horas antes pelo meu colega Maicon Mendes
para anunciá-las como uma exclusividade que elas efetivamente não são”, apontou
o profissional.

“Obrigado amigo
Fabio. Estou triste em ver tudo isso. Trabalho honesto, ético que eu consegui
divulgado pela Band em rede nacional. E de novo a Globo coloca no ar como se
fosse deles. Nada contra a emissora. Mas isso é feio demais. Menos de uma
semana, duas vezes”, agradeceu Mendes.

Veja:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio