Repórter da Band leva cusparada de preso e dá microfonada

Publicado há um ano
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na edição desta quinta-feira (3) do Bora SP, informativo matinal da TV Band exibido na capital paulista e comandado por Joel Datena, foi exibida uma situação inusitada vivida pela repórter Elisângela Carreira.

A jornalista tentou
entrevistar Eronildo Martins de Vasconcelos, suspeito de matar Aline Silva
Dantas, jovem de 19 anos. Quando a profissional se aproximou do eletricista, o
rapaz, que estava algemado, deu uma cusparada em Carreira.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Imediatamente, Elisângela rebateu dando algumas microfonadas no homem e perguntou se ele tinha filhos. “Seu nojo, seu lixo”, detonou a famosa. “Felizmente, Elisângela foi rápida e conseguiu revidar essa agressão”, analisou Joel.

“Durante o Brasil Urgente, com o Datenão, vocês vão saber mais sobre esse caso e Elisângela vai conversar para dizer como se sentiu, não como repórter, mas como mulher, de levar uma cusparada desse marginal”, concluiu Datena.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio