Renata Lo Prete e Miriam Leitão criticam Bolsonaro em telejornais da Globo

Publicado há 9 meses
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na noite desta terça-feira (18), Renata Lo Prete, apresentadora do Jornal da Globo, resolveu se manifestar sobre o ataque que o presidente Jair Bolsonaro fez contra Patrícia Campos Mello, jornalista da Folha de S. Paulo, ao falar ironicamente que a profissional queria “dar um furo a qualquer preço” contra ele.

“Antes de continuar, como jornalista e mulher não posso dizer que meu sentimento é das minhas colegas e meus colegas: profunda indignação. Isso não tem nada a ver com política, tem a ver com a dignidade das pessoas, que todos nós temos que respeitar a começar pelo presidente que pelas suas palavras parece se eximir dessa obrigação tão básica”, declarou a âncora.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois, na manhã desta quarta-feira (19), Miriam Leitão também se pronunciou sobre o caso no Bom Dia Brasil. “Um presidente da República não pode levantar uma insinuação dessa gravidade, não pode acusar uma pessoa sem prova. Não pode usar o espaço e o poder que tem para agredir pessoas, grupos sociais, instituições, como ele tem feito”, apontou.

“Isso é machismo, é indigno, é difamação. E difamação é crime. Quando Bolsonaro ataca dessa forma vil uma jornalista, uma mulher, com esses argumentos machistas, está desonrando a presidência da República”, concluiu Leitão.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio