Relembre a história de Paraíso Tropical, que está de volta no Viva

A novela de Gilberto Braga e Ricardo Linhares traz Alessandra Negrini como gêmeas

Publicado em 4/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta segunda-feira (5), a novela Paraíso Tropical estreia no canal Viva. A trama, escrita por Gilberto Braga e Ricardo Linhares, foi exibida pela Globo em 2007 e conta com Alessandra Negrini interpretando as gêmeas Paula e Taís.

Paraíso Tropical é focada nos conflitos empresariais do Grupo Cavalcanti, do poderoso empresário Antenor Cavalcanti (Tony Ramos), que tem, entre seus principais negócios, o requintado Hotel Duvivier, em Copacabana. Sem herdeiros, ele tem em seu afilhado Daniel (Fabio Assunção) e em seu “sobrinho distante” Olavo (Wagner Moura) os principais candidatos para sucedê-lo no comando do grupo. O primeiro é honesto e trabalhador, enquanto o segundo é invejoso e sem escrúpulos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quando Daniel vai até a Bahia fechar a compra de um terreno para a construção de um resort, conhece Paula (Alessandra Negrini), filha de uma cafetina que gerencia uma pousada. Eles se apaixonam perdidamente e planejam viver juntos, mas uma armação de Olavo, que se alia à prostituta Bebel (Camila Pitanga), faz com que eles se separem.

Quando a mãe de Paula morre, a jovem descobre que tem um avô no Rio de Janeiro e parte em busca de suas origens. O que ela vai descobrir depois é que tem uma irmã gêmea, Taís (Alessandra Negrini). Ao contrário da irmã, que é humilde e batalhadora, Taís é uma alpinista social, que se aproveitará da relação de Paula com Daniel para subir na vida.

Paralelamente, Antenor vive um casamento falido com Ana Luísa (Renée de Vielmond), e trai a mulher com Fabiana (Maria Fernanda Cândido), a advogada do Grupo Cavalcanti. Inicialmente um empresário frio, Antenor muda depois que se separa de Ana Luísa e se envolve com Lúcia (Gloria Pires), uma mulher simples que transformará a vida dele.

Outro romance que dá o que falar é o de Olavo e Bebel. Inicialmente parceiros de trapaça, os dois se apaixonam e vivem um relacionamento explosivo, no qual a prostituta se transforma. Bebel é uma das personagens mais lembradas do enredo e um divisor de águas na carreira de Camila Pitanga.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio