Relembre a história de amor de Paco e Preta em Da Cor do Pecado, a nova reprise do canal Viva

Novela traz Taís Araújo e Reynaldo Gianecchini como protagonistas

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O amor vivido entre a pobre feirante Preta (Taís Araújo) e o rico botânico Paco (Reynaldo Gianecchini) está no ar novamente no VIVA. Da Cor do Pecado tem estreia marcada para o dia 19 de abril, a partir das 23h. Sucesso das 19h, originalmente exibida pela TV Globo em 2004, a trama começa quando Paco, em uma viagem a trabalho para São Luís (MA), se encanta por Preta.

Apaixonado, ele volta para o Rio de Janeiro decidido a terminar o noivado com Bárbara (Giovanna Antonelli), por quem nunca sentiu amor, porém é surpreendido com a notícia de que será pai. Ao saber da novidade, Paco volta ao Maranhão disposto a se casar com Preta de qualquer maneira.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mas, quando Bárbara descobre o romance do noivo, trama um plano para separar o casal e garantir seu golpe, já que, na verdade, ela está grávida do amante, Kaíke (Tuca Andrada).

Desiludido pela suposta traição de Preta e após ter descoberto a farsa de Bárbara, Paco volta ao Rio, onde é duramente repreendido pelo pai, o milionário Afonso Lambertini (Lima Duarte), com quem nunca teve um bom relacionamento.

Bárbara consegue convencer Afonso de que o filho está perturbado e precisa ser internado. Então, para fugir dessa situação, Paco pega o helicóptero do pai e acaba levando Bárbara com ele. Durante uma discussão, ele joga a aeronave no mar e Bárbara consegue se salvar nadando até uma praia.

Desacordado, Paco é resgatado por Ulisses (Leonardo Brício), um pescador que acha que encontrou o irmão Apolo (Reynaldo Gianecchini), idêntico a Paco, que também se perdeu no mar.

Com nomes de peso no elenco, a novela conta ainda com Rosi Campos, que interpreta a ‘mamuska’ Edilásia Sardinha. Edilásia é a matriarca de uma família de lutadores do Rio de Janeiro e tem um grande amor pelos seus cinco filhos – Apolo (Reynaldo Gianecchini), Ulisses (Leonardo Brício), Thor (Cauã Reymond), Dionísio (Pedro Neschling) e Abelardo (Caio Blat).

Mas sofre com um segredo do passado, quando foi obrigada a separar os primogênitos gêmeos, Paco e Apolo, fruto do relacionamento com Afonso Lambertini, na época em que trabalhava como empregada na mansão do empresário. A única que sabe de seu segredo é Germana (Aracy Balabanian), governanta que assumiu a criação de Paco quando a mulher de Afonso morreu.

Matheus Nachtergaele vive Helinho, grande amigo de Preta, que finge ser vidente para ganhar a vida. Quando ele começa a ver espíritos de verdade ele recorre ao Pai Gaudêncio (Francisco Cuoco) para tentar se livrar das assombrações.

Maitê Proença e Ney Latorraca vivem Verinha e Eduardo, pais de Bárbara. Ricos decadentes, os dois, apesar de estarem separados, dividem o mesmo apartamento e vivem disputando pequenas coisas, desde um ovo frito até uma baixela.

Marcando a estreia de João Emanuel Carneiro como autor de telenovelas, Da Cor do Pecado contou com a direção de Denise Saraceni e Luís Henrique Rios.

A trama se destacou por apresentar a primeira protagonista negra de uma novela contemporânea e urbana e, pela novela, João Emanuel recebeu o troféu de autor revelação de 2004 pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA).

A produção trouxe também grandes sucessos em sua trilha sonora como “Vou Deixar”, do Skank. Já foi reexibida em 2007 e 2012 no “Vale a Pena Ver de Novo” da TV Globo. No VIVA é a primeira vez que vai ao ar.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio