Regina Volpato faz discurso empoderador ao rebater críticas por causa do cabelo

Publicado há 3 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na edição desta terça-feira (9) do Mulheres, Regina Volpato agradeceu as mensagens que recebeu pela estreia no comando do vespertino da TV Gazeta e aproveitou para rebater as críticas que recebeu por causa do cabelo cacheado.

“Eu entendo tanto as pessoas que elogiaram, quanto as pessoas que não gostaram muito, que acharam esquisito. É que é o seguinte: quando a gente vê uma coisa sempre do mesmo jeito, ‘esse jeito’ passa a ser o certo, e tudo que for diferente causa uma certa estranheza. Durante toda a minha vida profissional, eu trabalhei usando o meu cabelo liso, com escova. Na minha vida pessoal eu sempre fui assumida e usei o meu cabelo natural que é assim, crespo”, contou a apresentadora.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Ocorre que há algum tempo, eu resolvi ficar em paz comigo e me aceitar. Aceitar o meu jeito, aceitar o meu corpo, aceitar o meu cabelo. E olha, eu te garanto: a vida depois disso ficou muito mais leve depois que eu me libertei. Por que não usar o meu cabelo como ele é? Por que ceder à pressão e tentar ser diferente do que eu sou? O que há de errado em ser eu mesma?”, questionou a famosa.

Estreia de Regina Volpato no Mulheres faz sucesso na internet: “Saudade dessa voz”

“Porque só o liso é que é bonito, é o que é permitido? Nada contra as lisas, pelo amor de Deus, mas eu acho que nós mulheres temos que nos libertar e sermos lindas do jeito que somos. A vida pode e deve ser mais leve e mais simples. Independente do cabelo, da forma física, da cor da pele, da orientação sexual. A aceitação começa por mim mesma. Assumir o meu cabelo, assim crespo, foi libertador, foi uma conquista. Portanto, crespas, lisas, cacheadas, onduladas, não importa, somos todas lindas do jeito que somos. Sempre lindas, sempre mulheres”, concluiu Volpato.

Assista:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio