RedeTV! promove demissões no Rio de Janeiro e clima é de tensão entre funcionários

Publicado há 4 anos
Por Endrigo Annyston
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A RedeTV! iniciou neste mês uma série de demissões no Rio de Janeiro, com a dispensa de três produtores de reportagem, alegando contenção de despesas.

Segundo o Observatório da Televisão apurou, novos cortes estão previstos para abril, com a saída de três repórteres.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dessa forma, a equipe da RedeTV! Rio, que contava com 19 profissionais no jornalismo, passará a ter à disposição apenas 13. As baixas na equipe ocorrem cinco meses após uma visita de Franz Vacek e Amílcare Dallevo à nova sede da emissora na capital carioca.

Os dois estiveram no local para acalmar os ânimos dos contratados, que estavam incomodados com o espaço com condições inadequadas de trabalho para os quais foram transferidos, conforme publicou o jornalista Flávio Ricco na ocasião.

Amílcare e Franz explicaram que a mudança na sede ocorreu para conter custos e, assim, evitar demissões. Porém, ainda assim elas ocorreram e o clima, como não poderia deixar de ser, é de tensão nos bastidores.

Não fosse esse problema, a RedeTV!, que se desfez de sua frota de veículos em 2016 e passou a usar os serviços do aplicativo Uber, disponibiliza somente R$ 9 mil mensais para transporte, mas o valor chega ao fim antes do encerramento do mês, como ocorreu em março.

Ou seja, dessa forma, os jornalistas se veem impedidos de trabalhar pois não podem se locomover. A informação também é destaque na coluna de Ricco nesta quarta-feira (29).

O Observatório da Televisão entrou em contato com a RedeTV!, que preferiu não comentar o assunto.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais