Rede Brasil de Televisão assina contrato de co-produção com emissoras coreanas

Publicado há 2 anos
Por Greicehelen Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Rede Brasil de Televisão deu mais um passo importante para o enriquecimento de sua grade de programação. O canal assinou contrato de co-produção com emissoras coreanas.

Veja também: Wesley Safadão nega regravação da música ‘Fábio Assunção’: “Ele não apoia”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em nota enviada ao Observatório da Televisão, a Rede Brasil informa que a parceria traz novidades na veiculação de animes. Além de grandes sucessos produzidos na Coreia. O contrato foi negociado e aprovado pelo diretor geral Roberto Sanchez.

Os papeis foram assinados por Evê Sobral, diretor de comunicação, durante evento montado pela emissora.

No último três anos trabalhamos em grandes parcerias com conteúdos coreanos”, afirmou Sobral. João Borges, diretor de operações da Rede Brasil de Televisão, também marcou presença no evento.

Sobre a Rede Brasil de Televisão

Rede de comunicação que obteve grande crescimento no Brasil desde o início de suas operações em abril de 2007: que contavam apenas com uma geradora e duas retransmissoras.

Ao longo desses 10 anos, o Presidente Marcos Tolentino está sempre empreendendo e buscando novas formas de progredir. Lidera uma holding com empresas de grande importância no cenário nacional e estabelece parcerias de sucesso. Consolidando a Rede Brasil de Televisão como uma das cinco maiores redes de televisão do país.

Alcance de aproximadamente 95% do território brasileiro, cobrindo 26 capitais, o Distrito Federal e mais de 500 cidades, atendendo a mais de 40 milhões de lares.

O objetivo de oferecer a melhor qualidade de programação para toda a família, tanto nas produções próprias realizadas com todo o cuidado técnico e artístico, como nas séries, desenhos e filmes clássicos que fizeram a história na TV mundial e que são um grande sucesso em sua grade de programação.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio