Record TV inaugura estúdios mais interativos no Rio: “Aposta grande que precisava ser feita”, afirma apresentadora do Balanço Geral

Publicado há 2 anos
Por Cris Veronez
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Record TV Rio inaugurou novos estúdios nesta quinta-feira (16). Programas jornalísticos como o Balanço Geral RJ e Cidade Alerta Rio já aparecem de cara nova – mais tecnológicos, com novos projetos gráficos e conteúdos interativos. O presidente da emissora, Fabiano Freitas, se emocionou ao falar sobre o assunto e destacou que a Record Rio está em seu melhor momento.

“Em dezembro passado passou um tornado passou por aqui e levou o nosso teto, literalmente falando. A estrutura ficou toda descoberta. Chovia aqui dentro. A primeira empresa a sofrer com os danos das chuvas que há muito tempo não acometiam o Rio foi a Record. Nossos novos estúdios foram destruídos. Ficamos muito abatidos. Nós perguntávamos para quê aconteceu aquilo. Hoje descobrimos. Era para provar para nós mesmos que somos melhores do que achávamos que éramos.”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Apresentadora do Balanço Geral no horário da manhã, Lívia Mendonça disse que o jornalismo precisa se reinventar constantemente e que o investimento da emissora no novo projeto foi grande. Já a Comunicação da Record não informa qual foi o montante investido. “A intenção é tentar antecipar as notícias mesmo, de trânsito, de tempo… Prevenir o telespectador para que ele não passe sufoco. A interatividade também vai ser muito maior”, diz ela.

A apresentadora ressalta que, com a evolução da internet e das redes sociais, não há nada melhor do que trazer essa interação para o jornalismo. “Temos que pensar sempre no novo. Era uma aposta muito grande que precisava ser feita”, afirmou ao Observatório da Televisão. Em um balanço sobre as notícias que já apresentou na Record este ano, Lívia citou duas coberturas que considerou terem sido mais difíceis.

Coberturas difíceis

“Esse ano se superou com notícias pesadas. A cada semana era algo diferente. Por apresentar o jornal às 6h30 da manhã, muitas vezes era o momento em que as coisas estavam de fato acontecendo. Ninho do Urubu e Muzema foram muitos marcantes. Fui a primeira a falar sobre o Ninho, vimos a gravidade da situação, a destruição, mas não tínhamos noção que tinha gente dormindo lá dentro naquele horário. Eu terminei o jornal reforçando que tinham dez adolescentes. Fico arrepiada quando lembro, pois foi muito difícil dar aquela notícia ao telespectador.”

Ela destacou que soube do caso da Muzema porque recebeu um aviso através de seu Instagram pessoal, durante o programa ao vivo.”Imediatamente deslocamos nosso helicóptero para lá. Olha como a interação com o espectador é importante.”

O âncora Gustavo Marques também falou sobre a repaginação dos estúdios: “A casa tem preocupação com investimento e em oferecer sempre o melhor para o profissional e para o telespectador. Essa preocupação de trazer coisa nova sempre vai existir.”

Fabiano Freitas (Divulgação/ Record TV)Novos estúdios da Record TV Rio (Divulgação/ Record TV)Novos estúdios da Record TV Rio (Divulgação/ Record TV)Novos estúdios da Record TV Rio (Divulgação/ Record TV)Novos estúdios da Record TV Rio (Divulgação/ Record TV)

Em números

Cerca de 80 pessoas estiveram envolvidas na reformulação dos cenários que ocupam 750 metros quadrados do complexo de Vargem Grande, no Rio. Recursos tecnológicos como painéis de LED integrados em tempo real com o Centro de Operações do Rio foram instalados. Todos com o objetivo de propiciar informação precisa ao telespectador sobre o que acontece na cidade. Trânsito, possibilidade de chuva, alertas para zonas de alagamento, entre outros.

O Balanço Geral RJ, por exemplo, ganhou um painel de 22 metros quadrados em formato de “L”. Lá, o jornalista Tino Jr. mostra videografismos e conteúdos sobre a cidade. Uma projeção com 200 polegadas também serviu como recurso para enriquecer a forma de transmitir informação.

Os novos estúdios também abrigam espaço especial para musicais, entrevistas e entretenimento de maneira geral. O Cidade Alerta Rio ganhou tela touch screen de 80 polegadas integrada ao COR e uma testeira de LED na redação, que serve de pano de fundo para o programa. Todo o parque de computadores e infraestrutura de TI dos estúdios foi renovado.

Para o diretor de jornalismo da Record Rio, André Ramos, o objetivo principal é usar as novas ferramentas tecnológicas do estúdio e de interatividade para dar mais clareza à informação que chega ao telespectador e para trazê-lo para mais perto da emissora. “Daremos oportunidade para que nossos telespectadores sejam parte atuante do nosso jornalismo.”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio