Record recua e desiste de anão nos jornais da manhã

Publicado há 3 anos
Por Rick Souza
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Faltando menos de uma semana para a estreia do novo formato do Balanço Geral Manhã e do São Paulo no Ar, a RecordTV parece ainda não ter decidido qual rumo dar para seus primeiros noticiários da manhã. Até então confirmado como parte do elenco dos matinais, o anão Marquinhos, ex-Domingo Show, foi cortado da equipe do programa nesta segunda (26).

A saída do humorista coincide com as críticas que o programa sofreu nas redes sociais após a divulgação da primeira chamada dos telejornais durante o último Domingo Espetacular. Nela, o apresentador Bruno de Abreu, que assumiu Bruno Peruca como nome, contracena com Fábio Porchat numa esteira ergométrica numa cena. O texto da chamada, lido pela voz padrão da emissora, ressaltava que seria uma nova opção de “informação de qualidade” nas manhãs – algo meio contraditório pelo conteúdo que foi exibido.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Record prepara programa de pegadinhas para os domingos

Diante das reclamações, o anão Marquinhos foi remanejado para outro programa do núcleo de Virgílio Abranches na RecordTV. A partir de agora ele passa a dar expediente no Balanço Geral de sábado, gravando reportagens em entradas de festas e eventos, fazendo dupla com o personagem Morte, encarnado por Marcos de Souza. O quadro não é uma novidade: formato semelhante já foi feito no Domingo Show.

Os novos Balanço Geral Manhã e São Paulo no Ar, com a apresentação de Bruno Peruca, tem estreia confirmada para a próxima segunda, dia 5, a partir das 6 da manhã. Na emissora, a duvida passou a ser qual formato as atrações irão seguir a partir de sua estreia.

Segundo fontes do Observatório da Televisão, o piloto gravado na manhã desta segunda-feira (26) não agradou: Bruno demonstrou estar incomodado em usar gravata, por ordem da direção, e teve dificuldades em mesclar seriedade com leveza, como ele fazia em suas reportagens no Cidade Alerta. A Record corre contra o tempo para tentar corrigir os vícios e problemas diagnosticados – até a estreia, estão previstos mais cinco pilotos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio