Record quer adquirir emissora do Ceará para transformar em filiada

Publicado há 3 anos
Por Rick Souza
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

colaborou Neuber Fischer

Insatisfeita com a TV Cidade, a Record passou a negociar a compra de uma rede de televisão local do Ceará para transformar em canal próprio do grupo: trata-se da Rede União, emissora que mescla clipes musicais com conteúdo regional, e que conta com retransmissoras em 8 estados, além de sua geradora, localizada em Fortaleza.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo informações obtidas com exclusividade pelo Observatório da Televisão, as negociações da Record com a Rede União já aconteciam há alguns meses, porém, foram retomadas com maior intensidade após as queixas da chefia do jornalismo do canal da Barra Funda sobre a cobertura feita pela TV Cidade sobre a chacina que aconteceu em Fortaleza e deixou 14 mortos no último sábado (27). O setor reclama que a emissora afiliada demorou para chegar no local do crime, perdendo boa parte dos acontecimentos, e não produziu material o suficiente para os telejornais de rede, especialmente o Cidade Alerta, que voltou a ter exibição em cadeia nacional ontem (29).

Veja também: Com três horas, Cidade Alerta faz a Record crescer 39%

O episódio serviu como estopim de uma crise na relação rede/afiliada, que já vinha estremecida desde a última renovação de contrato, em 2015. A TV Cidade, ao renovar sua parceria com a Record, se comprometeu a alinhar sua programação com o padrão seguido pelas demais praças e a readequar suas produções, especialmente a faixa matinal, composta por uma reprise de telejornal do dia anterior e pela reapresentação de programas femininos e de viagens exibidos originalmente no final de semana. Porém, quase três anos depois, nada foi feito.

A maior audiência da TV Cidade, segundo dados consolidados da Kantar Ibope, é a exibição inédita do Cidade 190, noticiário policial exibido na faixa do meio-dia, com média de 8,3 pontos em janeiro – atrás da TV Verdes Mares (Globo) e da TV Jangadeiro (SBT). Já o produto nacional mais assistido é o Domingo Espetacular, que também fica em terceiro lugar. A emissora, outrora premiada como “a mais Record das emissoras”, não é vice-líder desde agosto de 2015, quando o SBT retomou a parceria com a TV Jangadeiro, e tem dificuldades em manter o 3º lugar na disputa com a TV Diário, emissora local, e a NordesTV, afiliada da Band no estado. Não é raro que a Record fique em quarto lugar em Fortaleza, com pouca distância em relação a quinta colocada.

Ao adquirir a Rede União, o Grupo Record pretende transformar a sede da emissora, em Fortaleza, numa emissora totalmente nova e que se reporte diretamente a matriz, como já é o caso do Rio de Janeiro, Salvador, Brasília, dentre outras. As retransmissoras seriam distribuídas entre a Record News e a Rede Família, no caso de praças que já tenham acesso a primeira.

A audiência da TV União é residual atualmente. Nenhum programa passa de 1 ponto de média e a qualidade técnica da emissora é precária – apesar de ter sinal HD, já que o sinal analógico já foi desligado em Fortaleza, poucas atrações são transmitidas em alta definição (e só são para a matriz). Caso a aquisição seja concretizada, a Record iniciará uma nova estrutura do zero, reaproveitando somente o edifício sede do canal.

O contrato da Record com a TV Cidade termina em setembro de 2019. Uma rescisão unilateral não é descartada pela cúpula da emissora.

Procuradas pela reportagem do Observatório da Televisão, a RecordTV diz “que vai cumprir o contrato com a TV Cidade/CE” e a Rede União, por telefone, disse que o assunto é restrito a diretoria do canal e que não daria maiores informações sobre o assunto. A TV Cidade não foi localizada.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio