Record é chamada de racista na web após usar imagem de Beyoncé em matéria

A emissora exibiu uma matéria sobre 'magia negra'

Publicado há 8 dias
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O programa Fala Que Eu Te Escuto, da Record TV, acabou criando uma enorme polêmica com os fãs da cantora Beyoncé. Em uma matéria falando sobre ‘magia negra’, a atração mostrou imagens do longa Black Is King, produção da cantora que exalta a cultura negra e o afrofuturismo.

A matéria começa mostrando a cantora e falando que ela vive de uma carreira sólida, que tem poucas polêmicas na vida pessoal. “Só que uma delas assustou parte dos fãs. A cantora já foi acusada de bruxaria, ela teria praticado rituais de ‘magia negra’ contra uma ex-integrante de sua banda”, dizia.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma acusação feita pela ex-baterista da cantora, Kimberly Thompson, foi usada como exemplo para falar do tema. Enquanto isso, cenas do filme que faz parte do conteúdo da Disney+, plataforma de streaming recém chegada ao país, aparece de ilustração.

A acusação realmente aconteceu, mas o termo #RecordRacista entrou para os assuntos mais comentados do twitter, já que os fãs de Beyoncé criticaram a emissora pela escolha da cantora para a matéria e ainda com imagens do Black Is King. Além disso, o termo ‘magia negra’ extremamente errado.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio