Record afirma que não planeja tirar Bruno Peruka de jornais matinais

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Insatisfeita com o fracasso de sua grade matinal, com derrotas constantes para o jornalismo do SBT, a Record estaria pensando em trocar, outra vez, o apresentador de dois de seus principais telejornais matutinos. Isso significaria a saída do recém-chegado Bruno Peruka do comando do Balanço Geral – Manhã e do SP no Ar, segundo o site Notícias da TV.

Peruka assumiu a ancoragem dos noticiários em março. O objetivo era colocar a emissora, de vez, na segunda posição de audiência. Porém, os resultados não surgiram e a emissora já teria, inclusive, encomendado uma pesquisa para saber o que o telespectador quer assistir nos jornais da manhã.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Record vai reprisar segunda temporada de Os Dez Mandamentos também

A publicação conversou com uma diretora, que preferiu se manter anônima na reportagem, que disse que Peruka tem como desvantagem a dificuldade de elaborar análises mais complexas e, ainda, não conhecer os bairros e avenidas de São Paulo.

Segundo o texto, o apresentador disse que a Record tem todo o direito de fazer mudanças na apresentação dos noticiários, porque é apenas um funcionário e cumpre ordens. Já a Record negou que esteja articulando qualquer alteração na ancoragem dos programas.

Bolsa de apostas

Com essas informações, já se especula quem seriam os mais cotados para substituir Bruno Peruka. A principal alternativa seria Luis Bacci, que é considerado um chamariz de audiência no canal e acumularia com a apresentação do Cidade Alerta. Porém, fala-se também em Alexandre Furtado, elogiado por seu desempenho na Record Vale.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio