Reconciliação da Televisa com filho de Roberto Bolaños pode trazer Chaves de volta à TV

A Globo é uma das interessadas na atração atemporal

Publicado em 24/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Está com saudades de assistir Chaves na TV? A clássica atração que ficou eternizada nas tardes do SBT pode voltar em breve às telinhas graças a uma reconciliação da Televisa com o filho de Roberto Bolaños, o criador e intérprete do menino do barril.

De acordo com informações do portal Na Telinha, Roberto Gómez Fernández revelou que pretende fazer um acordo com a Televisa para que a exibição de Chaves e todas as produções do Grupo Chespirito retornem à TV do México e dos outros países da América Latina.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Estamos dando alguns passos nisso, que tem a ver com reconciliação em todos os sentidos. Não é que estejamos brigando, longe disso. Pelo contrário, simplesmente houve divergências e porque [a situação] também nos apanhou no meio da pandemia”, disse em entrevista ao jornal El Universal.

Segundo Gómez, é questão de tempo para que o acerto seja realizado. “Creio que as circunstâncias não foram às melhores. Agora estamos em outras circunstâncias. Sem dúvida isso vai acontecer”, assumiu.

O empresário revelou que mantém uma boa relação com a direção da Televisa, que foi responsável pela comercialização dos conteúdos de Chaves e companhia. Do mesmo modo, negou que haja alguma disputa pelos direitos da série.

“Conheço bem o pessoal da Televisa, obviamente. Trabalhei para a Televisa por 40 anos e toda a família faz parte mesmo da empresa. As pessoas com quem lido são até meus amigos e acho que isso certamente vai ajudar”, destacou.

Com o acerto, as aclamadas produções Chaves e Chapolin Colorado podem voltar a serem transmitidas pelas emissoras de TV do Brasil. Uma das grandes interessadas é a Globo, que negocia diretamente com o Grupo Chespirito para ter as atrações no catálogo do Globoplay.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio