Recentemente, Paulo Stein afirmou ter sido demitido do Grupo Globo por ser gordo

O jornalista faleceu após complicações da covid-19

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O narrador esportivo e jornalista Paulo Stein, de 73 anos, acabou morrendo na manhã deste sábado (27). Ele não resistiu após complicações da covid-19 após ter tido os primeiros sintomas da infecção na última quarta-feira (24).

Paulo ficou bastante conhecido por conta de seu sucesso na antiga Rede Manchete, onde trabalhava com esportes e o carnaval carioca. Em 2011, o profissional começou a trabalhar no canal SporTV, onde trabalhou até o final de 2019. Porém, uma revelação recente dele acabou chamando bastante a atenção.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em entrevista para um canal no YouTube, ele afirmou que foi demitido do Grupo Globo por ser gordo. “Na TV Globo, locutor e narrador não pode ser gordo, lá não pode. Você conhece algum? A razão pela qual eu fui demitido, ano passado, foi por causa disso. Se você não fizer um regime e se mantiver… o próprio Bonner já admitiu que vive fazendo regime“, disse ele.

“No jornalismo, você não tem repórter, apresentador gordo. Eu era um negócio fora de série ali porque eu tinha construído um nome, o antigo diretor era meu amigo, Mario Jorge Guimarães. Mas eu não fazia linha de frente justamente por isso. Mas a história é essa aí, lá não pode [gordo]”, continuou Paulo Stein.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio