Rafael Zulu revela que beijo gay de O Outro Lado do Paraíso não foi escrito por Walcyr Carrasco

Publicado há 3 anos
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma das cenas que mais repercutiram no final de O Outro Lado do Paraíso, recém findada novela das 21 horas da Globo, o beijo gay entre Samuel (Eriberto Leão) e Cido (Rafael Zulu) não foi escrita por Walcyr Carrasco.

Foi o que revelou um dos envolvidos diretamente na cena, o ator Rafael Zulu. Em entrevista para o programa TV Fama, da RedeTV!, Zulu comentou que a ideia foi do diretor artístico da novela, Mauro Mendonça Filho.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo o ator, a cena não estava no roteiro e o diretor teve a ideia, passando por cima do texto de Walcyr, para coroar o momento e o casal bem aceito. Zulu e Eriberto gostaram da ideia e tocaram tudo – e o público, quando a cena foi exibida nas redes sociais também adorou.

Veja mais: Rafael Zulu fala sobre repercussão de beijo gay: “O Brasil ainda está muito atrasado”

“A gente não sabia. A cena não foi escrita e foi antecedida por um momento dramático. Depois o diretor Maurinho deu a ideia de coroar este momento com um beijo entre as duas personagens e nos beijamos. Mas, de fato, Walcyr não escreveu a cena do beijo”, disse o ator.

Sobre realizar a cena do beijo em si, Zulu disse que faz parte do seu trabalho, e que artisticamente, a cena foi muito importante para ele e para a história de seu personagem como um todo.

Veja também 

Bahia: Band voltará com versão local do Brasil Urgente e Uziel Bueno é recontratado por canal

SóTocaTop: Saiba como será novo programa da Globo comandado por Luan Santan

“Eu acho que artisticamente falando, é uma coisa muito natural e faz parte do meu ofício. Eu fico feliz de participar de um momento tão especial da televisão”, afirmou o ator, que espera propostas para outros trabalhos a partir de agora.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio