Rafael Queiroz fala sobre o final de Rael e revela elogio de senhora na rua: “É gostoso”

Publicado há um ano
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No ar como o Rael de A Dona do Pedaço, trama das 21h de Walcyr Carrasco que termina nesta sexta-feira (22), Rafael Queiroz falou sobre o personagem, que reencontrou Fabiana (Nathalia Dill) e que possui o final mantido em segredo.

“Recebi o capítulo e quando fui ver: ‘Cadê minhas cenas?’. Aí soube que estavam suprimidas e que seriam entregues em mãos. Acho que, desde o começo da novela, a missão do Rael era limpar o nome da família dele”, analisou o artista à Patrícia Kogut.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Ele tentou fazer isso matando a Maria da Paz (Juliana Paes), mas acho que qualquer Ramirez serviria para ele cumprir essa função. Até o capítulo cem, eu defendia o personagem, achava que era um reflexo do meio em que cresceu. Mas depois ele passou dos limites”, seguiu o astro.

O artista afirmou que o papel foi um presente. “Mudou tudo na minha vida. Não esperava nem de longe a repercussão que o Rael teve. Quando li os roteiros, achei que ele sairia da história rápido. Pensei: ‘Vou atirar na protagonista, alguém vai me acertar depois’. Mas novela é legal por isso, a gente não sabe o que vai acontecer. Estou ansioso para ver o final”, declarou o famoso.

Queiroz, que viu seu personagem ter um envolvimento com Lyris (Deborah Evelyn), ainda entregou que recebeu um elogio inusitado na rua. “Desci do ônibus outro dia e uma mulher de 50 e poucos anos que estava no ponto falou: ‘Mas é gostoso’. E saiu andando. Acho que essa trama acaba gerando um fetiche porque mostra que diferença de idade é uma bobagem. De vez em quando, fazem comentários mais ousados nas redes sociais também”, concluiu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais