Quinteto Villa-Lobos apresenta recital dedicado ao talento de grandes compositoras no Partituras de domingo

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No programa Partituras que a TV Brasil exibe às 12h30 de domingo, dia 10, o Quinteto Villa-Lobos presta homenagem a grandes compositoras da música mundial. Com o recital “Grandes Compositoras” – gravado em março deste ano no Espaço Cultural BNDES, Centro do Rio – os cameristas trazem um repertório pouco executado nas salas de concerto, que reúne peças de Ilza Nogueira, Clara Schumann, Claude Arrieu e Louise Farrenc.

“Uma coisa de que sempre fazemos questão é ter algum compositor brasileiro. Quando (o recital) não é totalmente dedicado à música brasileira, que pelo menos um compositor seja brasileiro”, explica o flautista Rubem Schuenck. “E como só estamos trabalhando com compositoras neste concerto de hoje, escolhemos a Ilza Nogueira e sua Suíte Opara, que fala um pouco da vida do médio São Francisco, o rio São Francisco. É uma música muito brasileira, muito de raiz.”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Morando nos EUA, Nivea Stelmann fala sobre volta às novelas: “Por enquanto não está nos meus planos”

Composto por Rubem Schuenck (flauta), Luis Carlos Justi (oboé), Paulo Sergio Santos (clarinete), Philip Doyle (trompa), Aloysio Fagerlande (fagote), o Quinteto Villa-Lobos conta com a participação especial da pianista Paula da Matta.

“Para o grupo, é um desafio a mais participar com um piano, porque a nossa relação de timbres e afinação a gente tem que dividir com mais alguém. Isso dificulta um pouco mais, mas enriquece a gama de timbres do grupo”, observa Schuenck. “Tivemos a sorte de termos o convite aceito pela Paula da Matta, uma grande amiga nossa e professora da UFRJ, uma superpianista que encarou esse desafio com a gente.”

No repertório do recital estão “Suíte Opara: paisagens sonoras do médio São Francisco”, de Ilza Nogueira, “Soirées Musicales”, de Clara Schumann, “Quinteto em Dó”, de Claude Arrieu e “Sexteto para madeiras e piano”, de Louise Farrenc.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio